COBERTURA ESPECIAL - Especial Espaço - Tecnologia

18 de Julho, 2012 - 19:13 ( Brasília )

ESPAÇO - Tráfego espacial intenso na Estação Espacial Internacional

Cooperação espacial entre soviéticos e americanos, rivais da Guerra Fria, completa 37 anos.

Um trio de astronautas que viajava a bordo da cápsula russa Soyuz chegou nesta terça-feira (17) à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), dois dias depois do lançamento do cosmódromo de Baikonur, no sul do Cazaquistão. A manobra no espaço coincide com o dia em que, há 37 anos, começava a cooperação internacional entre russos e americanos, rivais da Guerra Fria

O russo Yuri Malenchenko, o japonês Akihiko Hoshide e a americana Sunita Williams se juntam ao americano Joe Acaba, e aos russos Gennady Padalka e Sergei Revin, que já estão na estação, para completar a 32ª expedição da ISS. A nave se acoplou ao módulo russo da plataforma orbital. A equipe fará experimentos científicos e atividades de manutenção.

No dia 27, a nave japonesa de carga HTV3 se acoplará à ISS, a primeira de nove naves que farão contato com o laboratório espacial em apenas 17 dias - um tráfego espacial intenso está programado para o próximo mês.

Segundo Malenchenko, durante os próximos seis meses na ISS, os três cosmonautas devem completar cerca de 40 experimentos científicos. "A jornada de trabalho da tripulação da estação é de cerca de 17 horas. E o primeiro dia de estadia não será uma exceção", disse.

No dia 29, a Rússia lança a Progress 47 para testar um sistema de doca mais moderno, que deve usar menos energia e será mais seguro. Até novembro, quando os três astronautas devem retornar, estão previstos mais quatro lançamentos, inclusive um da SpaceX, a empresa privada que presta serviços à Nasa.
 
Cooperação - A manobra da Soyuz TMA-05M coincide com o dia em que soviéticos e americanos cooperaram no espaço, há 37 anos. Em 17 de julho de 1975, houve o acoplamento da russa Soyuz-19 com a americana Apollo 18. Os grandes rivais da Guerra Fria se encontraram no espaço.

O foguete russo Sputnik entrou em órbita em 1957, ferindo o orgulho americano. O troco veio pouco tempo depois, com seis pousos da Apollo na Lua, entre 1969 e 1972. As duas nações lançaram suas estações espaciais, a Salyut russa e americana Skylab.

Em 1975, o projeto Apollo-Soyuz marcou o início da cooperação entre as duas potências. Na ocasião, os astronautas da Nasa Tom Stafford, Donald K. "Deke" Slayton e Vance Brand estavam na Apollo 18 que se acoplou à cápsula Soyuz-19, onde e
stavam os cosmonautas russos Aleksey Leonov e Valeriy Kubasov.