COBERTURA ESPECIAL - Pacífico - Geopolítica

15 de Novembro, 2017 - 14:30 ( Brasília )

300.000 t Diplomacia - US Navy Mostra Músculos no Pacífico

A Marinha dos Estados Unidos é a única força no mundo capaz de realizar esse exercício. Pelo menos por mais duas décadas a US Navy será proeminente nos mares

 

Vídeos
US Navy


Uma força naval com três porta-aviões realizou por vários dias exercício no Pacífico Ocidental, demonstrando a capacidade única da Marinha Americana de operar vários grupos de porta-aviões, como uma Força Tarefa (Task Force), de acordo com oficiais da Marinha.
 
Os porta-aviões com propulsão nuclear CVN-76 USS Ronald Reagan, CVN-71 USS Theodore Roosevelt e CVN-68 USS Nimitz navegaram pelo Pacífico Ocidental operando juntamente com navios com navios da Força de Autodefesa Marítima do Japão e da Coréia do Sul. Há 70 anos a US Navy patrulha rotineiramente a região Indo-Ásia-Pacífico, promovendo a segurança regional, a estabilidade e a prosperidade.



Nota Importante - Esta PHOTOEX, ocasião que a frota é disposta em formação especial para a fotografias. De importância é a disposição das belonaves e como as operações dos porta-aviões não interferem entre sí.

O exercício apresenta os porta-aviões CVN-76 USS Ronald Reagan, CVN-68 USS Nimitz e CVN-71 USS Theodore Roosevelt e inclui exercícios de defesa aérea, vigilância marítima, reabastecimento no mar, treinamento de combate aéreo defensivo e ofensivo, operações antissubmarino, manobras coordenadas e outros treinamentos, segundo oficiais da US Navy.

"É uma oportunidade rara de treinar com dois porta-aviões juntos, e ainda mais raros para treinar com três", disse o comandante da frota do Pacífico dos EUA, Almirante Scott Swift.

"As operações de uma força de ataque com vários porta-aviões são muito complexas", disse Swift.

Ele acrescentou: "Este exercício no Pacífico Ocidental é um forte prova para testar a capacidade da Pacific Fleet dos Estados Unidos e um firme compromisso com a continuada segurança e estabilidade da região".

O exercício é a primeira vez que três grupos de ataque operaram juntos no Pacífico Ocidental desde os exercícios Valiant Shield 2006 e 2007, ao largo da costa de Guam, de acordo com oficiais da US Navy.

Oficiais destacam que os porta-aviões da Marinha recentemente realizaram operações de grupos-tarefa, no Pacífico Ocidental, incluindo no Mar da China Meridional, no Mar da China Oriental e no mar das Filipinas, informou a US Navy.

Esses exercícios ocorrem normalmente quando os porta-aviões navegam na área da 7ª Frota, em especial quando navegam em direção á Base no Japão. Nesse caso, o Nimitz estava terminando seu período de operação na área da 5ª Frota - o Golfo Pérsico - e o Roosevelt estava navegando para ao Golfo Pérsico. O Reagan – baseado no Japão - se juntou aos outros dois porta-aviões, que tem suas bases operacionais na costa oeste dos Estados Unidos.
 
.
Nos exercícios de quatro dias no Pacífico ocidental, participam os porta-aviões "Ronald Reagan", "Nimitz" e "Theodore Roosevelt" e sete navios da Coreia do Sul, incluindo três destróieres, informou o Ministério da Defesa em Seul.

Os exercícios acontecem após as visitas de Trump a Pequim e a Seul esta semana, dominadas pelas tensões com Pyongyang e pela busca de meios para conter a ameaça nuclear na península.

Em um discurso ao Parlamento sul-coreano na quarta-feira passada (8), o presidente Trump advertiu a Coreia do Norte a não subestimar os Estados Unidos.








VEJA MAIS