31 de Agosto, 2012 - 11:00 ( Brasília )

Ministro da Defesa homenageia atletas da Marinha e do Exército


Atletas da Comissão Desportiva Militar (CDM) do Brasil receberam os cumprimentos e homenagens do Ministro da Defesa, Embaixador Celso Amorim, na tarde de quarta-feira, 29 de agosto, na Escola de Educação Física do Exército, na cidade do Rio de Janeiro.

O propósito do evento foi parabenizá-los pelas expressivas conquistas obtidas nas competições nacionais e internacionais das quais participaram neste ano, dentre elas, os Jogos Olímpicos de Londres.

Duzentos e cinqüenta e nove atletas brasileiros competiram em Londres, dentre eles 51 militares. Dezesseis militares da ativa também participaram dos Jogos Olímpicos como integrantes da comissão técnica e como observadores.

Durante o evento no Rio de Janeiro, os cinco militares medalhistas olímpicos receberam do Ministro da Defesa uma placa em reconhecimento as suas atuações durante os jogos. A Marinheira Sarah Menezes, primeira judoca a conquistar uma medalha de ouro na modalidade, falou sobre a importância do apoio que recebe da Marinha. “Consegui em Londres um excelente resultado e a Marinha contribuiu muito com apoio de treinamento. Estar aqui, hoje, é um orgulho muito grande. Me sinto feliz com esse reconhecimento, essa representação é muito importante”.
 

A Marinheira Mayra Aguiar, medalhista de bronze no judô, fala com orgulho de sua conquista. ”A medalha é resultado de muita dedicação e de uma dura rotina de treinamento. Agora vejo que tudo valeu a pena. É um orgulho levar o nome da Marinha para o esporte, pois ela nos acolheu. Quando venho para o Rio de Janeiro tenho toda estrutura de treinamento no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN), Organização Militar da Marinha do Brasil”.  Ambas atletas incorporaram à Marinha por meio do Programa de Incorporação de Atletas de Alto Rendimento nas Forças Armadas.

Os Comandantes da Marinha e do Exército, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto, e General-de-Exército Enzo Martins Peri, e o Comandante do III Comando Aéreo Regional (III COMAR), Major-Brigadeiro-do-Ar Rafael Rodrigues Filho, também participaram da cerimônia.

Segundo o Ministro da Defesa, ”já estamos vendo os resultados do Programa de Incorporação de Atletas. O esporte está muito ligado a área militar, muitas modalidades nasceram em decorrência de esportes militares. Essa maneira de apoiar o esporte é uma interação muito benéfica para o Brasil, que colhe resultados de performances cada vez melhores, possibilitando, por exemplo, a melhor campanha olímpica da história. A continuidade do incentivo é um compromisso da parte do governo, de forma que os recursos sejam usados para os atletas participarem de competições internacionais, culminando com os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro”.
 

Militares que foram ao pódio em Londres:

Marinha do Brasil

Judô Feminino
Marinheira Sarah Menezes – ouro – categoria ligeiro (até 48 kg)
Marinheira Mayra Aguiar – bronze – categoria meio-pesado (até 78 kg)

 

Exército Brasileiro

Pentatlo Moderno
Terceiro-Sargento Yane Marques – bronze

Judô
Terceiro-Sargento Rafael Silva – bronze categoria pesado (mais de 100 kg)
Soldado Felipe Kitadai – bronze categoria ligeiro (até 60 kg)


Programa  Incorporação de Atletas de Alto Rendimento nas Forças Armadas

O Programa de Incorporação de Atletas de Alto Rendimento nas Forças Armadas é uma iniciativa do Ministério da Defesa e do Ministério dos Esportes, firmada em 2008, com o objetivo de preparar as equipes militares para os 5º Jogos Mundiais Militares Rio 2011 e, também, atletas brasileiros que disputaram as Olimpíadas de Londres, além de fortalecer as equipes brasileiras que se preparam para os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016.