COBERTURA ESPECIAL - LAAD 2013

24 de Março, 2013 - 12:58 ( Brasília )

LAAD - Entrevista com Sergio Jardim

Na LAAD 2013 pela primeira vez conta com 3 pavilhões que estão organizados de uma forma em que os gabinetes dos comandantes da força armada do Brasil estão em cada uma delas


Entrevista com Sergio Jardim, diretor da Clarion Events, organizadora da LAAD 2013. Segue a entrevista exclusiva para os leitores de DefesaNet.
 

A LAAD 2013 teve uma significativa expansão da área e número de expositores. Qual a razão deste incremento?


São várias as razões, nós acreditamos que uma dos itens que gerou esta expansão é a estratégia nacional de defesa que foi divulgada em 2008 e atualizada em 2012 dando uma direção para as forças armadas de como e onde investir. Outro item é que impactou é que o Brasil tem de fato a necessidade de melhorar a sua capacidade defensiva e isso tem impulsionado o governo e, portanto, tem entusiasmado os expositores em oferecer produtos e serviços. Também é importante lembrar que o Brasil é um grande player em vários mercados do mundo e os olhos de fabricantes nacionais e internacionais estão voltados para nós.

Quais as novidades previstas para esta edição?

Esta edição pela primeira vez conta com 3 pavilhões que estão organizados de uma forma em que os gabinetes dos comandantes da força armada do Brasil estão distribuídos em cada uma delas. Então no pavilhão 4 temos a força aérea, no pavilhão 3 o exército e no pavilhão 2 a marinha. Além disso, nós temos dois segmentos novos, o de treinamento e simulação e o “spaces on”, ou seja, a parte aero espacial. Estes dois segmentos trazem expositores brasileiros e estrangeiros.

Que ações a Clarion está tomando para que a infraestrutura do Riocentro estará em condições para o evento?

O Rio Centro tem trabalhado na sua infraestrutura e gradualmente investido nela. Nós temos trabalhado junto com eles para proporcionar melhorias. Como eventos deste porte envolvem muitos prestadores de serviço, temos trabalhado próximos a eles com bastante rigor. Pela primeira vez estamos oferecendo serviço de ônibus e micro ônibus da Barra até o Rio Centro, sempre no início da manhã e com retorno no final da tarde. Também estamos oferecendo este tipo de serviço, que chamamos de “shutle”, do Centro do Rio para o Rio Centro.

Quantas delegações estrangeiras já estão confirmadas?

Nós temos neste momento cerca de 100 delegações oficiais, cada delegação pode conter representante de uma força, como por exemplo, uma delegação de exército de um país amigo ou uma delegação da marinha, força aérea e polícia. Portanto, cada país pode ter até 4 delegações, sendo que hoje temos 100 delegações e cerca de 60 países enviando delegações para o Brasil.

Um dos o objetivos do governo brasileiro é a integração das indústrias da América Latina. Quantos países da região estão participando

Todos os países da região estão participando com envio de delegações e alguns países estão trazendo empresas expondo e estas empresas organizadas na forma de pavilhão nacional, como por exemplo, o Chile, Argentina e Colômbia.
 



Outras coberturas especiais


UNODC

UNODC

Última atualização 19 SET, 12:30

MAIS LIDAS

LAAD 2013