COBERTURA ESPECIAL - HO

11 de Abril, 2014 - 01:00 ( Brasília )

Brig Baptista Jr Discurso Despedida COMDABRA


 

Recomendamos a leitura do artigo

A Melhor Pequena Força Aérea é feita de Grandes Profissionais Link


 


Discurso de Troca de Comando
COMDABRA
Major-Brigadeiro Baptista Jr


Permitam-me iniciar minhas últimas palavras como Comandante da Defesa Aeroespacial Brasileira com uma confissão: hoje não é o dia primeiro de abril de 2014.

Na verdade, escrevo estas palavras a alguns dias da solenidade na qual entregarei este importante cargo ao meu dileto amigo Major Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Egito do Amaral, com quem compartilho tantos valores e posições, com quem dividi naceles de aeronaves de Caça, esquadrilhas de instrução, estudos doutrinários, festas de Natal em família, “Ximbocas” e até algumas “UTI no Ar”, nos já longínquos tempos de Esquadrão Joker.

Hoje foi apenas um dia ordinário de trabalho no COMDABRA, com alertas acionados, planos de operações desenvolvidos e medidas de policiamento do espaço aéreo executadas.

Vejo-me, agora, na calma reconfortante do meu lar, que já dá sinais de que mais uma mudança se aproxima, na proa dos desafios da Área Logística, onde somarei meus esforços para que nossa força de combate possa “voar, combater e vencer”.

Passo os olhos pela estante do meu escritório, contemplando as lembranças, troféus e maquetes que resumem minha vida operacional, e lembro que estou completando exatos trinta anos da minha entrada na Defesa Aérea, tempo este que me preparou para as responsabilidades que, em alguns minutos, passarei ao meu substituto.

Refletindo sobre o Sistema de Defesa Aeroespacial Brasileiro – o SISDABRA - verifico uma vez mais que nossa experiência eminentemente aerotática no teatro de operações europeu foi responsável pelo seu nascimento tardio, fazendo-me ver quão forte e importante pode ser uma lanterna de popa, como os exemplos e tradições que nos legaram os veteranos Jambocks, mas dando-me a certeza de que é o farol da proa que nos deve iluminar o caminho; o caminho que temos que trilhar em direção à nossa missão constitucional de Defesa da Pátria, e que não deve ser ameaçado pelo constante aumento das missões subsidiárias atribuídas.

E foi exatamente este “olhar para o futuro”, de tantos quantos serviram neste Sistema, o fator responsável pela eficiência, profissionalismo e prontidão do SISDABRA e de seu órgão central – o COMDABRA. Neste sentido, rendo minhas primeiras homenagens e agradecimentos aos homens e mulheres que construíram e me confiaram, há exatamente um ano, a responsabilidade pela sua condução, como Comandante do COMDABRA.

Da mesma forma, registro meus agradecimentos pessoais ao Comandante da Aeronáutica – Tenente Brigadeiro Juniti Saito – e aos membros de seu Alto Comando, pela minha nomeação para tão relevante cargo, bem como pela confiança e apoio irrestritos que tive durante todo esse tempo.

Com igual senso de justiça, agradeço ao EMAER e a todos os Órgãos de Direção Setorial, pelo pronto apoio que me foram disponibilizados. Tive, com oportunidade e na quantidade suficiente, os recursos financeiros, materiais e de pessoal, mas tive, principalmente, a amizade de todos seus efetivos, que levo comigo com gratidão e reconhecimento.

Ao Departamento de Controle do Espaço Aéreo, nosso irmão siamês, visto que nascemos indissolúveis da criação de um sistema que integra a Defesa Aérea e o Controle do Tráfego Aéreo, meu agradecimento especial pela fidalguia, apoio e perfeito entendimento das nossas responsabilidades. Não se pode fazer Defesa Aeroespacial sem a vigilância, a identificação, as comunicações e o controle de todos os movimentos aéreos, atividades que vocês proporcionam permanentemente ao COMDABRA.

Também não se pode fazer a defesa do País sem os equipamentos bélicos adequados e proporcionais ao bem que se pretende defender, motivo pelo qual a decisão sobre a aquisição de um primeiro lote de 36 aeronaves Gripen NG foi a melhor notícia deste meu período de comando. Espero que a mesma sorte tenha o processo para aquisição de equipamentos antiaéreos de médio
alcance, igualmente necessários para o fortalecimento do SISDABRA.

Aos integrantes do Quartel-General do COMGAR, de suas Forças Aéreas Numeradas e de todas as Organizações que compõem a Guarnição do COMAR 6 sou igualmente grato pelo apoio e camaradagem com que eu e meu efetivo fomos tratados, em todas as oportunidades.

De forma muito especial, gostaria de me dirigir àquele que, dentro em breve, deixará de me ter como seu subordinado direto. Tenente Brigadeiro Rossato – Pela terceira vez em nossas carreiras, tivemos oportunidade do convívio pessoal e profissional, sendo esta a primeira como oficiais generais.  Novamente, não posso abandonar sua ala sem agradecer pela confiança em todas minhas ações e decisões, mas principalmente pelo respeito às minhas opiniões, mesmo quando não estavam completamente alinhadas com as de Vossa Excelência.

Como previsto por Alvin Toffler, neste mundo da terceira onda as informações fluem muito rapidamente entre todos os setores das instituições, daquele que produz o dado aos mais elevados níveis decisórios. Neste cenário, a tendência centralizadora encontra terreno fértil para prosperar, levando muitas vezes os níveis superiores a ignorarem a estrutura organizacional estabelecida, transmitindo ordens com a mesma velocidade com que as informações são produzidas e difundidas, tolhendo a liberdade e atrofiando o desenvolvimento dos líderes intermediários.

Neste aspecto, fui agraciado com sua postura de total respeito ao Comandante, ao profissional e ao oficial general que represento.

Muito obrigado!

A todos os CINDACTA, Unidades de Defesa Aérea, Antiaérea e de Controle e Alarme em Voo e à Primeira Brigada de Artilharia Antiaérea do Exército Brasileiro, elos permanentes do SISDABRA e sobre os quais o COMDABRA tem o controle operacional, agradeço pela maneira cordial e de confiança com que fui distinguido por todos seus integrantes, deixando meu testemunho do alto grau de profissionalismo e da capacidade de superação que sempre demonstraram.

À Agência Brasileira de Inteligência, aos Departamentos de Polícia Federal e Rodoviária Federal e à Secretaria da Receita Federal, aqui representando os Elos Eventuais do Sistema, mas com os quais desenvolvemos inúmeras operações em prol da defesa e segurança do nosso País, deixo mais do que agradecimentos. Tive orgulho e prazer em desenvolver, com cada uma destas instituições, a confiança mútua indispensável a um futuro de cooperação, que
deixou de ser conjunto para ser interagências. Trabalhamos juntos, pavimentando um caminho para grandes realizações. Muito obrigado a cada um de vocês.

À Marinha do Brasil e ao Exército Brasileiro, cuja presença permanente neste Comando Operacional o torna Conjunto, meus agradecimentos por me terem permitido comandar os excelentes militares de cinza e de verde oliva que mobiliaram meu Estado-Maior. Com eles, aprendi mais do que ensinei; com eles, ratifiquei que nossas Forças Armadas mantêm-se coesas e compartilhando dos mesmos valores e princípios éticos e morais, como instituição de Estado e em prol da defesa do Brasil.

Aos integrantes do Ministério da Defesa, grande responsável pela evolução do pensamento conjunto nos últimos quinze anos, agradeço pelas interações realizadas no período do meu comando, tais como a Copa das Confederações, Operação Ágata 7 e Jornada Mundial da Juventude. Temos muito a evoluir no conhecimento mútuo, no emprego conjunto de nossas Forças Armadas, na gestão dos recursos disponíveis e nas prioridades de sua aplicação.

Entretanto, o consenso de que o planejamento e o emprego conjunto fazem parte de nosso futuro é um excelente ponto de partida para a superação de todos os óbices.

Meus Comandados

Por exatos trezentos e sessenta e cinco dias tenho liderado esta formação, com honra e orgulho.

Neste período, busquei fazer o melhor a cada dia em prol da missão do COMDABRA - Único Comando Operacional Conjunto permanentemente ativado, fato que, por si só, demonstra sua importância.

Igualmente, busquei transmitir a cada um de vocês meus conhecimentos, minhas experiências, minhas opiniões e meus princípios, como “ser analógico em sentimentos e digital em valores.”

Aos mais antigos, mostrei que não há qualquer dúvida de que os homens e mulheres que comando deverão ser prioridades, mas que a missão a ser cumprida estará sempre sob o farol que nos guia.

De todos vocês, do grande amigo e Chefe do Estado-Maior Conjunto - coronel Barbacovi - ao mais moderno soldado e civis contratados levarei muitas saudades e meu eterno agradecimento por tudo que aqui vivi.

A todos, espero ter convencido de que a permanente evolução das instituições e estruturas organizacionais é a única maneira de elas se manterem modernas e eficientes.

E é nesse sentido, que um “Novo COMDABRA” começou a nascer, há três meses, quando assumimos as responsabilidades de uma Força Aérea Componente. Deixamos de falar apenas de Defesa Aérea e Antiaérea e passamos a planejar e controlar o amplo espectro das ações relacionadas ao Poder Aeroespacial.

À experiência que acumulamos em mais de três décadas como um comando de emprego de defesa, juntaram-se homens com larga vivência em transporte, ataque, asas rotativas, operações especiais, dentre outros.

O novo paradigma passou a ser o “preparo ou o emprego”, e o COMDABRA foi escolhido como o único comando de emprego – um Componente Aéreo permanentemente ativado.

Para liderar esta transformação, estará à frente de vocês um dos profissionais por quem desenvolvi grande apreço, nesses meus quase quarenta anos de serviço - o Major Brigadeiro Egito.

Meu Amigo Major Brigadeiro Egito Ao transmitir-lhe o Comando da Defesa Aeroespacial Brasileira, faço-o com a certeza de que V. Exa. é o homem certo para o cargo e para o momento. Suas experiências de Piloto de Caça e de instrutor da ECEMAR, seus conhecimentos doutrinários e sua total crença nas atividades bem planejadas são suficientes e garantidoras do sucesso na missão que ora inicia.

Da minha parte, estarei torcendo e sempre disponível para qualquer ajuda.

Felicidades pra você, Márcia, Renata, André e Júlia.

Senhoras e Senhores

Completo, hoje, meu ciclo na Defesa Aeroespacial Brasileira.

Desde minha chegada ao 1° Grupo de Defesa Aérea, ainda como 2° Tenente, passando pelo Joker, Pacau, Jambock e Guardião, até assumir o cargo de Comandante do COMDABRA, foi um longo, inesquecível e prazeroso caminho.

Mas a hora é de voltar os olhos para a minha própria lanterna de proa, que agora ilumina mais um grande desafio para o qual tive o privilégio de ser indicado: a Diretoria de Material Aeronáutico e Bélico.

Com muito prazer, cerro formação com um oficial general e grande amigo, de quem tive o privilégio de ser Oficial de Operações, no 1º GDA.

Tenente-Brigadeiro Paes de Barros

Estou plenamente ciente dos inúmeros desafios relacionados com minhas novas atribuições, à frente da DIRMAB.

Neste momento, basta-me garantir a Vossa Excelência minha total crença na sua liderança, minha confiança na equipe que comandarei e absoluta fé na missão que passarei a perseguir, a partir de amanhã.

Jaguar 82 - Jaguar 112 em posição.

Uma vez mais, volto meus olhares para minha casa e minha família, por quem nutro um profundo amor e gratidão, pelo apoio incondicional que deles recebo.

Em breve, caixas serão novamente empilhadas, móveis embalados e um caminhão carregado. Muito do que tenho irá caber nestes volumes, mas o mais importante – amigos, lembranças e saudades – estes irão conosco dentro do peito.

Pela primeira vez, depois de tantos anos e tantas mudanças, na boléia do caminhão só estaremos eu e Cristiane, minha metade inseparável há mais de trinta anos, a quem sempre renovo meu amor eterno. Bruno e Priscilla seguem construindo seus futuros: ele há dois anos na bonita Porto Alegre e ela em Brasília, iniciando uma vida conjugal com meu genro Eduardo Dantas, que já me é caro como um filho. De onde estivermos, estaremos torcendo por vocês.
Mesmo divididos fisicamente, seremos sempre a Família Baptista, que espero ver crescendo com as chegadas de Maria Eduarda,Felipe ou qualquer nome que escolherem. Amo vocês.

- Thor, Pacau de Espadas, Joker de Copas, Jambock Azul, Jaguar Vermelho e Guardião 01 .... Combate encerrado, retorno Maloca para pouso no Galeão.

Brasília, 01 de abril de 2014.
Maj-Brig do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior
Comandante do COMDABRA



Outras coberturas especiais


Russia Docs

Russia Docs

Última atualização 23 SET, 12:55

MAIS LIDAS

HO