25 de Abril, 2011 - 11:14 ( Brasília )

Geopolítica

Terror - Tripulação impede que homem sequestre avião em voo Paris-Roma


Um cazaque, que trabalha na Unesco em Paris, pretendia sequestrar um avião da Alitalia que se dirigia da capital francesa para Roma, mas foi imobilizado graças à rápida ação da tripulação e o aparelho aterrissou com normalidade no aeroporto de Fiumicino.

O fato, informa a imprensa local, ocorreu no voo Alitalia AZ329, que partiu de Paris nas últimas horas deste domingo com destino a Roma com 131 passageiros.

Um viajante, Valery Tolmachev, 48 anos, com sinais de estar perturbado, se levantou de seu assento e enquanto ria de maneira convulsiva, imobilizou uma aeromoça com a lima de um cortador de unhas de dez centímetros.

A aeromoça, com calma, pediu a ele que a levasse até a área da cabina do piloto, enquanto o homem, aparentemente, pedia que o voo fosse desviado rumo a Trípoli.

Em questão de segundos, quatro membros da tripulação e alguns viajantes se lançaram sobre o cazaque, imobilizando-o e libertando a aeromoça. Um médico que viajava no avião lhe aplicou um calmante e o homem foi sedado, até o avião aterrissar no aeroporto romano de Fiumicino, passadas as dez da noite.

Segundo a imprensa local, a ação foi tão rápida que praticamente ninguém se deu conta do ocorrido. Uma vez em Roma, o cazaque, sem antecedentes penais, casado, com dois filhos e que nunca tinha estado na Itália, foi levado às dependências policiais do aeroporto, onde foi interrogado. Também foram interrogados os passageiros.

Fontes policiais italianas informaram que fica excluída "qualquer pista terrorista" e qualquer relação do cazaque com moradores na Itália.

O homem, aparentemente, em estado de confusão, não soube explicar seu gesto. Aparentemente, nos últimos meses tem sofrido de estados depressivos.

Após ser acusado de sequestro de pessoa (a aeromoça) e tentativa de sequestro de avião, o cazaque foi levado à prisão de Civitavecchia, a cerca de 70 km ao norte de Roma.

A aeromoça, por sua vez, levada ao centro de primeiros socorros do aeroporto de Fiumicino, está bem e só sofreu um leve ferimento no pescoço.