16 de Fevereiro, 2012 - 10:55 ( Brasília )

Geopolítica

Rússia ressalta direito a utilizar armas nucleares

País ressalta preservação da integridade nacional

O Chefe do Estado Maior das Forças Armadas russas, general Nikolai Makarov, afirmou que o país se reserva o direito de usar armas nucleares para preservar a sua integridade. Os comentários do líder militar foram feitos a propósito do impasse mantido entre a Rússia, os Estados Unidos e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), em torno da montagem do escudo antimísseis da Europa.

Segundo Makarov, a Rússia não pretende lutar contra a OTAN, mas a regra militar tem definições claras sobre o direito ao uso de armas nucleares. O comandante acrescentou: “Se surgir uma ameaça à integridade da Federação Russa, podemos assim fazê-lo.”

O general disse que entre os vizinhos da Rússia há vários países instáveis e, sobre eles, um exército bem treinado é bastante capaz de controlar eventuais situações de conflitos diante das fronteiras nacionais.

Os exercícios das Tropas Aerotransportadoras russas quadruplicarão

Os exercícios das Tropas Aerotransportadoras russas aumentarão quatro vezes em 2012, declarou nesta quarta-feira, 15, a porta-voz desse Exército, Irina Kruglova.

O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, comentara anteriormente que as autoridades do país adotaram medidas para que o Exército fosse mais compacto, móvel e eficaz. Os primeiros exercícios das Tropas Aerotransportadas já começaram e vão até o dia 17 de fevereiro.