26 de Abril, 2017 - 12:10 ( Brasília )

Geopolítica

EUA: bombardeiros russos foram interceptados perto do Alasca


Caças americanos e canadenses interceptaram, na semana passada, bombardeiros russos Tupolev Tu-95 que voavam perto do Alasca - informou o Pentágono nesta segunda-feira (24).

Os Tupolev foram avistados no espaço aéreo internacional em três ocasiões: nos dias 17, 18 e 20 de abril, duas vezes perto das ilhas Aleutianas e uma perto das terras continentais do Alasca e do Canadá, relataram o Pentágono e o Norad, o comando militar encarregado da segurança aérea dos Estados Unidos e do Canadá.

O Norad enviou seus caças duas vezes para operações de intercepção "seguras e profissionais".

As interceptações em pleno voo entre caças e bombardeiros acontecem com frequência no espaço aéreo internacional, mas um porta-voz do Pentágono disse que esse tipo de operação não acontecia há meses em torno do Alasca.

"É a primeira vez há dois anos e meio que vemos a Rússia conduzir uma missão de bombardeiros de longo alcance desse tipo perto e ao redor do Alasca", disse o capitão Jeff Davis.

A porta-voz do Norad Lori O'Donley acrescentou que vários aviões russos de patrulha marítima IL-38 também foram vistos e identificados na mesma zona do espaço aéreo internacional em 19 de abril.