11 de Agosto, 2011 - 10:12 ( Brasília )

Geopolítica

Tambores de Guerra - Taiwan apresenta mísseis para conter possível ataque chinês


Taiwan exibiu novos mísseis e 161 novos armamentos, adquiridos ou desenvolvidos localmente, em uma feira de tecnologia militar inaugurada nesta quinta-feira em Taipei.

A mostra, que coincide com o início dos testes no mar do primeiro porta-aviões chinês, procura expôr o desenvolvimento militar de Taiwan, uma ilha que até o momento depende das vendas de armas americanas para enfrentar as ameaças chinesas de invasão.

Pequim, apesar do notável avanço nos laços civis e econômicos entre as duas partes do estreito de Formosa, se nega a renunciar ao uso da força militar para conseguir a união com a ilha e está embarcada em uma importante modernização militar.

Os Estados Unidos, por sua vez, atrasam a decisão sobre a venda à ilha de aviões de combate F-16 C/D, o que pode representar conceder a hegemonia aérea à China no estreito de Formosa, conforme analistas ilheus e americanos.

Entre as equipamentos militares exibidos estão mísseis supersônicos contra navios Hsiung-feng III (HF-3). O HF-3 foi desenvolvido totalmente pelo Instituto de Ciência e Tecnologia Chung Shan de Taiwan.

"Os HF-3 podem facilmente afundar navios e deter uma invasão naval", disse o subdiretor do projeto de desenvolvimento dos mísseis, Chiang Wu-ying, em entrevista coletiva.

A ilha está disposta a comercializar mísseis e outras invenções militares, que ressaltam o valor econômico dos desenvolvimentos militares de Taiwan.

O Ministério da Defesa de Taiwan é um dos 90 participantes da Exposição Aeroespacial e de Tecnologia Militar de Taipei, que inaugura nesta quinta-feira e dura quatro dias.


Taiwan procura desenvolver sua tecnologia militar para se tornar menos dependente da importação de tecnologia dos Estados Unidos.

O míssil supersônico contra navios Hsiung-feng III (HF-3) é exposto na Exposição Aeroespacial e de Tecnologia Militar de Taipei. O artefato foi desenvolvido para conter um eventual ataque naval ao país.

O HF-3 foi desenvolvido totalmente pelo Instituto de Ciência e Tecnologia Chung Shan de Taiwan.


A exposição também reflete a disposição de Taiwan de comercializar mísseis e outras invenções militares.

Apesar de melhoras recentes na relação com a China, Taiwan se prepara para uma nova tentativa de anexação chinesa.