14 de Março, 2014 - 16:25 ( Brasília )

Geopolítica

Rússia diz que drone americano foi interceptado na Crimeia

Avião não-tripulado foi encontrado a 4 mil metros de altitude, segundo informações de companhia estatal russa

A companhia estatal russa de armamentos Rostekhnologuii (Rostec) afirmou que um avião de reconhecimento dos Estados Unidos foi interceptado em alta altitude acima da Crimeia, em um comunicado divulgado nesta sexta-feira.

"O drone (avião não-tripulado) estava voando a cerca de 4.000 metros e estava praticamente invisível a partir do chão. Foi possível quebrar a ligação com seus operadores americanas graças a um complexo combate rádio-eletrônico Avtobaza", segundo a Rostec.

O aparelho efetuou uma manobra de descida e "caiu quase intacto nas mãos das forças de auto-defesa" da Crimeia, acrescentou a Rostec, que informa ser o fabricante do sistema de combate eletrônico usado, mas não especifica quem o utilizou.

"O drone MQ-5B faz parte, a julgar pelo número de identificação, da 66ª brigada de reconhecimento militar americana, com base na Baviera", indica a Rostec, que publicou uma foto do aparelho em seu site. O comunicado, no entanto, não está mais disponível para consulta.

A Crimeia abriga em Sevastopol a frota russa no Mar Negro. Milhares de homens armados, presumivelmente soldados russos, foram implantados no final de fevereiro no território, onde Moscou apoia a realização de um referendo no domingo sobre sua anexação à Rússia.

Leia também:
O tendão de Aquiles dos Vants - O caso RQ-170 Sentinel