21 de Dezembro, 2013 - 14:00 ( Brasília )

Geopolítica

General é afastado por beber demais e encontrar "mulheres suspeitas"

Michael Carey era responsável por mísseis nucleares da Força Aérea americana

O general responsável pelos mísseis nucleares de longo alcance da Força Aérea dos Estados Unidos foi destituído de suas funções após agir de maneira inadequada durante uma viagem de trabalho à Rússia em julho, informa a BBC.

Um documento recentemente tornado público aponta que o major-general Michael Carey "bebeu demais" e se encontrou com mulheres estrangeiras "suspeitas". O documento ainda aponta que o militar não conseguiu se lembrar de eventos importantes ou "faltou com a verdade" ao ser interrogado sobre os fatos. 

O relatório interno, elaborado pelo inspetor-geral da Força Aérea, é baseado em entrevistas com o general e membros da delegação americana que participavam de um treinamento de segurança nuclear. 

"O major-general Carey consumiu bebidas alcoólicas ao ponto que impactou sua conduta", diz o relatório. "Carey engajou em um comportamento inaquedado e impróprio quando escolheu se encontrar e continuar a se associar com mulheres estrangeiras...especialmente tendo em conta seu próprio reconhecimento de que as mulheres eram suspeitas". 

O documento aponta que ele se encontrou com elas em um restaurante e dançou com uma delas no dia seguinte.

Os investigadores entrevistaram Carey, mas ele aparentemente se esqueceu de partes substanciais do que ocorreu na Rússia. A conclusão que o documento chega é que o general ou não se lembrava do que aconteceu por causa do consumo de álcool ou estava faltando com a verdade na entrevista.

A remoção do general do posto ocorreu em algum momento não identificado de outubro. Ele agora atua como assistente especial do comandante do Comando Espacial da Força Aérea.  

Carey foi removido dias após um almirante da Marinha que supervisionava operações nucleares ser destituído de seu cargo devido a problemas com apostas ilegais.