COBERTURA ESPECIAL - Modernização FAB - Aviação

26 de Agosto, 2019 - 10:20 ( Brasília )

Força Aérea Brasileira participa de feira de aviação de negócios da América Latina

DECEA apresentou destaques do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro

Tenente Ananda,  Tenente Elias E Coronel Santana


Força Aérea Brasileira (FAB), representada pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), participou da 17ª LABACE (Latin American Business Aviation Conference & Exhibition), uma feira de aviação de negócios da América Latina, realizada em São Paulo (SP), entre os dias 13 e 15 de agosto, e promovida pela Associação Brasileira de Aviação Geral (ABAG).

O Comandante-Geral de Apoio da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Paulo João Cury, e o Diretor-Geral do DECEA, Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, participaram do evento. Na programação das conferências, houve um painel com o tema “Controle do Espaço Aéreo: Uma nova perspectiva”, com a palestra do Capitão Especialista em Controle de Tráfego Aéreo Davi Monteiro de Medeiros.

No mesmo contexto, o Major Aviador Robson Laube Roque Moreira falou sobre a nova configuração da TMA (Área de Controle Terminal) São Paulo Neo, que entrará em vigor a partir de setembro de 2020. No início desse mês, foram concluídas fases importantes do planejamento, no Laboratório de Simulação do Instituto de Controle do Espaço Aéreo (ICEA), em São José dos Campos (SP).



A proposta do projeto aplica conceitos de navegação baseada em performance. “O Point Merge System é um método que permite a reestruturação do espaço aéreo, reduzindo atrasos por meio de um gerenciamento mais eficiente”, esclareceu.

A exposição de consoles, com o Sistema Avançado de Gerenciamento de Informações e Tráfego Aéreo e Relatórios de Interesse Operacional (SAGITARIO), atraiu a atenção dos participantes. O piloto comercial Pedro Toledo, de 27 anos, visitou o estande do DECEA logo após a abertura do evento.

“Todo ano participo da LABACE e sempre procuro a exposição da FAB. Gosto de conhecer e conversar, pessoalmente, com os controladores do tráfego aéreo. É uma ótima oportunidade para tirar algumas dúvidas e conhecer os novos projetos”, diz.

Ainda nessa área, militares do Centro de Coordenação de Salvamento Aeronáutico de Curitiba (SALVAERO Curitiba) alertaram pilotos e passageiros sobre a importância do ELT (Emergency Locator Transmitter), localizador de emergência, que permite o conhecimento dos dados de localização e de alertas de emergência das aeronaves.

Ao receber o sinal de alerta, o SALVAERO assume a missão de prestar o Serviço de Busca e Salvamento. “Fiquei muito impressionada com a importância do registro do localizador”, comentou a estudante de aviação Sabrina Dias Couto.



Fotos: Soldado M Pereira / SRPV-SP



Outras coberturas especiais


Fogo-Fire-Feuer-Feu

Fogo-Fire-Feuer-Feu

Última atualização 19 SET, 13:00

MAIS LIDAS

Modernização FAB