COBERTURA ESPECIAL - Modernização FAB - Aviação

18 de Abril, 2013 - 09:55 ( Brasília )

FAB - Modernização de sistemas e capacitação vão garantir eficiência na Copa, diz DECEA

A Agência Força Aérea traz a primeira entrevista do novo diretor, Tenente-Brigadeiro do Ar Rafael Rodrigues Filho

O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), organização que controla todos os voos que cruzam o Brasil, tem novo Diretor. Rafael Rodrigues Filho substituiu Marco Aurélio Mendes. Ambos são Tenentes-Brigadeiros do Ar, a mais alta patente do Comando da Aeronáutica.

O primeiro vem de uma carreira ligada à área do DECEA, com três anos na Vice-Direção do próprio órgão. Já o segundo se despede do cargo para assumir o Estado-Maior da Aeronáutica. A solenidade de passagem de Comando aconteceu nesta terça-feira (16/04) no pátio militar anexo ao aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

"O DECEA é um constante desafio. Como nós trabalhamos com tecnologia de ponta, nós estamos sempre em constantes modificações, constantes atualizações, em constante trabalho", afirmou o Tenente-Brigadeiro Rodrigues Filho. Há 59 dias do início da Copa das Confederações, o novo Diretor afirma que os grandes eventos devem ser bem gerenciados por conta da modernização de sistemas e capacitação de pessoal. "O DECEA vem se preparando já há mais de quatro anos para fazer um excelente trabalho", assegura.

Despedindo-se do cargo, o Tenente-Brigadeiro Mendes ressaltou os miliares e civis que hoje trabalham nas diversas funções ligadas ao controle do espaço aéreo. "O desafio foi algo que eu poderia dizer ser espetacular, extraordinário. Sinto-me muito privilegiado pela oportunidade de ter tido a companhia de excelentes profissionais e de ter aprendido muito", garantiu.

Presente na solenidade militar, o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro-do-Ar Juniti Saito, ressaltou a importância de projetos desenvolvidos, como a implantação do software Sagitário, que modernizou as estações de trabalho dos controladores de voo. O Comandante da Aeronáutica também lembrou que o Brasil faz parte da OACI (Organização da Aviação Civil Internacional) desde a sua fundação, em 1944. "Hoje, comemoramos acima de tudo a perenidade desse legado para o bem estar de toda a sociedade brasileira", afirmou.

22 milhões de Km²

O compromisso do Brasil na OACI é de garantir a segurança do tráfego aéreo sobre o seu território e também em uma extensa área sobre o Oceano Atlântico, o que totaliza mais de 22 milhões de Km², ou três vezes a área do país. Cabe ao DECEA gerenciar o tráfego aéreo, prover infomações de voo, fazer previsões de meteorologia e, se necessário, coordenar missões de busca e salvamento. Também são desenvolvidas atividades como inspeção em voo e cartografia aeronáutica. O departamento possui na sua estrutura quatro Centros Integrados de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA) e 70 destacamentos, sendo um no arquipélago de Fernando de Noronha.

Entrevista

Até a semana passada à frente do Terceiro Comando Aéreo Regional (COMAR III), o Tenente-Brigadeiro Rodrigues Filho já foi chefe da delegação do Brasil na Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) e Presidente da Comissão de Estudos Relativos à Navegação Aérea Internacional, além de já ter sido Comandante do Primeiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA I) e ter assumido outras funções ao longo de 42 anos de serviço. A Agência Força Aérea conversou com o novo diretor logo após a cerimônia de posse, realizada no Rio de Janeiro.  Leia a primeira entrevista do Tenente-Brigadeiro Rafael Rodrigues Filho:

Agência Força Aérea - Como o senhor avalia a proximidade dos grandes eventos?
Ten. Brig Rodrigues Filho: Eu acho que a Copa das Confederações e a Jornada Mundial da Juventude vão ser bons desafios, mas o grande desafio está por vir, que é a Copa do Mundo de 2014. O DECEA vem se preparando já há mais de quatro anos para fazer um excelente trabalho.

Agência Força Aérea - Mas fora isso, quais os desafios do dia a dia?
Ten. Brig Rodrigues Filho: Já há a implantação do Sistema Sagitário, há a consolidação do projeto Sírius [implantação de uma nova filosofia de controle do espaço aéreo, com uso de satélites] dar continuidade a todo esse trabalho de desenvolvimento que não para nunca. Como nós trabalhamos com tecnologia de ponta, nós estamos sempre em constantes modificações, constantes atualizações, em constante trabalho.

Agência Força Aérea - Depois de anos trabalhando na área, como o senhor se sente assumindo a direção do DECEA?
Ten. Brig Rodrigues Filho: É um coroamento. Eu me sinto honrado e espero também fazer um excelente trabalho mantendo a conformidade que o DECEA vem alcançando em todos estes anos.



Outras coberturas especiais


Especial Espaço

Especial Espaço

Última atualização 24 NOV, 15:00

MAIS LIDAS

Modernização FAB

6