COBERTURA ESPECIAL - Embraer - Aviação

03 de Fevereiro, 2017 - 09:00 ( Brasília )

Embraer começa a operar com aviação executiva na Argentina


João José Oliveira

A Embraer informou nesta quinta-feira que dois jatos executivos Phenom 100 iniciaram operações na Argentina, marcando a entrada da fabricante brasileira de aeronaves no mercado de aviação executiva local. Os primeiros aviões privados da companhia registrados no país estão sendo utilizados em voos de fretamento e particulares.

O Phenom 100, aeronave da categoria de entrada, já teve 340 unidades entregues em todo o mundo, sendo mais de 100 somente na América Latina.

“Estamos muito animados com o início das operações dos jatos Phenom 100 na Argentina, mercado que vive um momento de recuperação”, disse Gustavo Fonseca, diretor de vendas da Embraer Aviação Executiva para a América Latina.

No último mês de janeiro, a autoridade aeronáutica argentina (Administración Nacional de Aviación Civil de Argentina - ANAC) certificou o Centro de Serviços da Embraer em Sorocaba (SP) para manutenção da linha completa de jatos executivos da Embraer com matrícula do país, incluindo esses dois Phenom 100 usados.

A Embraer afirmou que em breve uma oficina autorizada também deve ser homologada em Buenos Aires.

O Phenom 100 tem capacidade para quatro passageiros na configuração padrão, mas pode transportar até 7 passageiros com um único tripulante. O alcance da aeronave é de 2.182 km, que permite voos sem escalas de Buenos Aires a São Paulo, Santiago ou Bariloche.

A Embraer conta com 70 centros de serviços em todo o mundo para atender os mais de 1.100 jatos executivos da marca que voam atualmente em 63 países.