COBERTURA ESPECIAL - Ecos - Guerras, Conflitos, Ações - Naval

06 de Junho, 2016 - 10:10 ( Brasília )

Marinha do Brasil assume guarda do Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial


A Marinha do Brasil assumiu, neste domingo (5), a guarda do Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, localizado no Aterro do Flamengo, Rio de Janeiro. A cerimônia em comemoração aos 151 anos da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Força Naval, foi presidada pelo Comandante do 1° Distrito Naval, Vice-Almirante Leonardo Puntel.

Na solenidade, uma companhia do Grupamento de Fuzileiros Navais do Rio de Janeiro recebeu, da companhia do 1º Batalhão de Guarda do Exército, o posto de guarda e passará a ter responsabilidade de manter a ordem, a vigilância e a segurança do monumento.

Forão prestadas, também, honras militares em homenagem ao Soldado Desconhecido. A Troca da Guarda festiva ocorre sempre no primeiro domingo dos meses de junho, agosto e outubro com o revezamento entre as Forças Armadas.

Jogos Olímpicos

Após a cerimônia, o Comandante do 1º Distrito Naval, Vice-Almirante Leonardo Puntel, responsável pelo Comando de Defesa Setorial (CDS) Copacabana, concedeu entrevista sobre a participação da Marinha do Brasil nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Visitas Turísticas Gratuitas

O Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial está localizado no Aterro do Flamengo, área turística no Rio de Janeiro. As visitas são abertas ao público de terça a domingo, das 09:00 às 17:00 horas. A entrada é gratuita e o visitante terá a oportunidade de conhecer detalhes sobre a participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial.