COBERTURA ESPECIAL - Ecos - Guerras, Conflitos, Ações - Armas

23 de Dezembro, 2013 - 14:25 ( Brasília )

Morre na Rússia Mikhail Kalashnikov, o inventor do fuzil AK-47


O inventor do famoso fuzil soviético AK-47, Mikhail Kalashnikov, morreu nesta segunda-feira aos 94 anos, anunciou a agência oficial Itar-Tass, que citou um porta-voz das autoridades da região de Udmúrtia, nos Urais.

O inventor do fuzil kalashnikov, do qual foram fabricados mais de 100 milhões de exemplares no mundo, tinha sido hospitalizado várias vezes nos últimos meses. Um porta-voz da empresa Kalashnikov, fabricante das armas que levam o nome de seu criador, confirmou a informação à AFP, sem dar maiores detalhes.

Incansável, Mikhail Kalashnikov só parou de trabalhar em 2012, por causa dos problemas de saúde, principalmente cardíacos. Kalashnikov começou a projetar em 1947 o fuzil de assalto chamado AK-47, na época em que se recuperava de um ferimento sofrido durante a Segunda Guerra Mundial. Depois, o fuzil teve vários modelos e começou a ser vendido aos milhões em todo o mundo.

A famosa arma automática é produzida na antiga fábrica Ijmach, na cidade de Ijevsk, e a empresa continua sendo uma das principais fabricantes de armas de fogo russas. Kalashnikov, um dos russos mais conhecidos no mundo, e entre os mais condecorados em seu país, nunca cobrou nada sobre a venda de milhões de fuzis que levam o seu nome, utilizado pelos exércitos de mais de 80 países, e também por inúmeros movimentos guerrilheiros.