03 de Agosto, 2012 - 13:00 ( Brasília )

Defesa

Grupo Synergy cria a SDS Defesa & Segurança

German Efromovich: O Brasil está abrindo caminho para o crescimento de sua indústria de defesa. E nós estamos chegando para ficar, gerar empregos, produzir, assimilar tecnologia e assumir riscos.

A SDS Defesa & Segurança, a mais nova empresa do setor no país, foi lançada oficialmente na terça-feira, 31 de agosto,em Brasília. A empresa foi concebida para participar do fortalecimento da Base Industrial de Defesa do país, em consonância com a Estratégia Nacional de Defesa (END).

Participaram do evento de lançamento o empresário German Efromovich, presidente do Grupo Synergy, o ex-ministro da Defesa, Nelson Jobim, representantes das Forças Armadas e do Ministério da Defesa, além de adidos militares de diversos países latino-americanos. "O Brasil está abrindo caminho para o crescimento de sua indústria de defesa. E nós estamos chegando para ficar, gerar empregos, produzir, assimilar tecnologia e assumir riscos", disse Efromovich na solenidade.

A SDS está pronta para enfrentar desafios no Brasil e no exterior, desenvolvendo e agregando os melhores recursos da base industrial de defesa, oferecendo soluções adequadas e inovadoras. Além do desenvolvimento de tecnologia e processos próprios, a SDS estabelece Convênios de Parceria com Instituições de Ciência e Tecnologia (ICT), com o objetivo de fomentar a independência tecnológica nacional no segmento de defesa. Por outro lado esse programa busca máxima eficácia no aproveitamento efetivo de acordos de compensação (Off-Set) assim como absorção de tecnologia e parcerias com empresa e órgãos de outros países

 A SDS coordenará as quatro empresas do grupo Synergy:

         - EISA,
         - AEQ,
         - TurbServ e
         - Digex.


Presença tradicional na construção naval brasileira, o Estaleiro Ilha S. A. (EISA), com sede no Rio de Janeiro, conta com duas unidades. Atualmente, está construindo quatro barcos-patrulha de 500 t.

O Estaleiro EISA Alagoas em fase de implantação terá capacidade para construção e reparo de navios de grande porte e das plataformas de petróleo requeridas pelos novos Campos Petrolíferos do Brasil e para exportação.  O empreendimento contará com um Estaleiro Militar autônomo, inteiramente dedicado às demandas da Marinha do Brasil para contemplar a END (Estratégia Nacional de Defesa), compondo o maior complexo de construção de navios e plataformas do Atlântico Sul.


 A AEQ (ex Britanite), com 46 anos no mercado, ocupa uma área de 2,5 milhões de metros quadrados em São José dos Campos (SP), e responde pela  produção de explosivos e materiais de defesa, assim como por acessórios para aplicações aeroespaciais. Entre seus produtos estão bombas de uso geral, de fragmentação e de penetração, bombas inteligentes, foguetes de 70 mm, espoletas e granadas.

A TurbServ é uma unidade de manutenção com capacidade para reparar motores PT6A e suas partes, localizada na cidade de Sorocaba (SP). É certificada pela ANAC (Agência Nacional Aviação Civil) e pela Dirmab (Diretoria de Material Aeronáutico e Bélico) da FAB.

A quarta empresa que compõe a SDS é a Digex Manutenção de Aeronaves, também localizada em São José dos Campos e certificada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), pela Federal Aviation Administration (FAA) e pela Diretoria de Material Aeronáutico e Bélico da Força Aérea Brasileira (Dirmab - FAB). Oferece manutenção pesada e modificação de aeronaves militares (Hércules C-130) e comerciais (Boeing). Com hangares e oficinas que ocupam uma área de 6500 m² e contando com 300 funcionários, a Digex se prepara para expandir suas operações na região e seu portifólio de certificações.

Sobre o Grupo Synergy

O Grupo Synergy é um conglomerado nacional que opera em segmentos como aviação, construção naval, exploração de petróleo e gás, agricultura e turismo, no Brasil e em outros países da América Latina. No total, conta com mais de 30 mil colaboradores diretos e indiretos.