12 de Julho, 2012 - 09:01 ( Brasília )

Defesa

Exército abre 1350 vagas para formação de sargentos e Marinha disponibiliza 30 para área de saúde


Foi aberto, nesta segunda-feira (09), edital para admissão na Escola de Sargentos das Armas (EsSA). O concurso é destinado à formação de 1350 sargentos do Exército Brasileiro em cinco áreas: combatente, logística-técnica, aviação, música e saúde. Hoje, a Diretoria de Ensino da Marinha publicou mais um concurso público de nível superior. Serão 30 vagas destinadas para o quadro de saúde da Força.

Ambos os editais cumprem as novas regras para ingresso na carreira militar, aprovadas na última quinta-feira (05) pelo Senado Federal, conforme determinação do Supremo Tribunal Federal.

Sargentos do Exército

As inscrições podem ser feitas até o dia 10 de agosto no site www.esa.ensino.eb.br e a taxa é de R$ 70. No ato da inscrição, o candidato vai ter três opções: combatente/logística-técnica/aviação, música ou saúde. Em saúde, serão exigidos no exame intelectual conhecimentos específicos em enfermagem. Em música, o candidato deverá escolher até três instrumentos de sopro (que constam numa lista de nove) para utilizar no teste.

Os aprovados para o curso do quadro de combatente poderão escolher entre as armas de Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia e Comunicações. Já na logística-técnica, a formação será em Intendência, Topografia, Manutenção de Comunicações ou áreas específicas de Material Bélico. Os que forem aprovados em aviação vão trabalhar no setor de manutenção.

Todos os aprovados, independente da área escolhida, passam por dois períodos de curso, o básico e o de qualificação. No básico, durante 34 semanas são aprendidas atividades da rotina militar, como tiro e ordem unida. Esse curso é realizado em organizações militares do RJ, MG, PE, RS, SP, MS, CE, SC, GO e PA. Na etapa de qualificação, de acordo com a área escolhida, os candidatos passam 43 semanas em Escolas Militares em Três Corações (MG), Rio de Janeiro (RJ) ou Taubaté (SP).

Requisitos

Entre os requisitos exigidos, o candidato deve ser brasileiro do sexo masculino, ter o ensino médio completo e idade mínima de 17 anos e máxima de 24 anos. Na área de saúde, o concurso é aberto para ambos os sexos e a idade máxima sobe para 26 anos. Na opção por música, o concurso é para homens e com idade máxima até 26 anos.

Outra exigência é estar em dia com as obrigações eleitorais e de Serviço Militar. Podem se inscrever civis e praças da ativa das Forças Armadas, Polícia Militar ou Corpo de Bombeiros Militar. Existe, ainda, restrição de altura mínima: 1,60 para o sexo masculino e 1,55 para o feminino.

Prova

A primeira fase, de caráter eliminatório e classificatório, é composta pelas etapas de exame intelectual, valoração de títulos, inspeção de saúde, exame de aptidão física e musical (apenas para os candidatos de música). Na segunda fase, há a revisão médica e comprovação dos requisitos.

O exame intelectual constará de uma prova escrita constituída de quatro partes para as áreas combatente/logística-técnica/aviação e cinco partes para as de saúde e música. As avaliações vão de 0 a 10.

Para todos os cargos, as provas têm questões objetivas de Matemática; Português; História e Geografia do Brasil; e uma redação de 20 a 30 linhas. Para saúde e música, há uma parte para conhecimentos específicos em Enfermagem e Teoria Musical, respectivamente.

Concurso da Marinha

As vagas são destinadas ao preenchimento do Quadro de Saúde da Marinha. Serão 16 para Cirurgiões–Dentistas, em diversas especialidades, e 14 para o Quadro de Apoio à Saúde nas profissões de Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição e Psicologia.

Os interessados devem ser brasileiros, de ambos os sexos, com menos de 36 anos e ter concluído o curso superior na área pretendida. As inscrições podem ser realizadas no site www.ingressonamarinha.mar.mil.br ou em um dos postos de inscrição da Marinha até o dia 03 de agosto. A taxa é de R$ 45,00.

Aqueles que forem classificados em todas as etapas do processo de avaliação passarão por um Curso de Formação de Oficiais (CFO), no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk, na Ilha das Enxadas, no Rio de Janeiro. O curso tem duração de 39 semanas. Após aprovação nessa etapa de formação, os candidatos serão nomeados oficiais da Marinha do Brasil, no posto de primeiro-tenente.

A Marinha do Brasil também está com inscrições abertas para outros concursos, disponibilizando um total de 2.378 vagas para aprendiz-marinheiro, oficial do quadro complementar ou técnico do corpo auxiliar da Força.