15 de Março, 2018 - 09:40 ( Brasília )

Defesa

Conselho deliberativo do CENSIPAM se reúne com ministro da Defesa e representantes do Governo Federal


Cleber Ribeiro

Foi realizada, na manhã desta quarta-feira (14), a 7ª reunião do Conselho Deliberativo do CENSIPAM (Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia), órgão vinculado ao Ministério da Defesa, responsável por coordenar ações voltadas à proteção da região amazônica.

A reunião, que foi presidida pelo ministro da Defesa interino, general Joaquim Silva e Luna, contou com a presença de representantes dos ministérios do Meio Ambiente, Integração Nacional, Relações Exteriores, Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Justiça, além de Casa Civil e do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República.

O ministro da Defesa considerou o encontro um marco histórico. “Primeiro, porque todos os ministérios que integram o Sistema de Proteção da Amazônia se fizeram presentes. Depois, pelo alinhamento de percepções das ações que serão feitas”, enfatizou o ministro.

O diretor-geral do CENSIPAM, Rogério Guedes, apresentou aos participantes o Conselho Deliberativo do Sistema de Proteção da Amazônia (CONSIPAM), por meio da descrição da sua composição, competência e atribuições.
Na sequência, o diretor falou sobre a missão do CENSIPAM e sobre sua estrutura física e tecnológica. Rogério Guedes destacou projetos importantes que estão em curso, como o de cartografia, e como o Sistema Integrado de Monitoramento e Alerta Hidrometeorológico da Amazônia (SIPAMHidro), e o Sistema Integrado de Alertas de Desmatamento (SIPAMSar), ressaltando que os mesmos “estão em andamento, consolidados e em pleno funcionamento”.



O CONSIPAM

O Conselho Deliberativo do Sistema de Proteção da Amazônia (CONSIPAM), órgão integrante da estrutura básica do Ministério da Defesa, tem por finalidade estabelecer diretrizes para a coordenação e a implementação de ações de governo no âmbito do Sistema de Proteção da Amazônia - SIPAM, observado o disposto na política nacional integrada para a Amazônia Legal.

O SIPAM tem por finalidade integrar, avaliar e difundir informações para planejamento e a coordenação das ações globais de governo com atuação na Amazônia, visando potencializar o desenvolvimento sustentável da região. Tendo como integrantes: o Sistema de Vigilância da Amazônia - SIVAM; e outros programas ou projetos que forem definidos pelo CONSIPAM.

Fotos: Tereza Sobreira/MD