COBERTURA ESPECIAL - Expansão Chinesa - Naval

09 de Junho, 2014 - 11:25 ( Brasília )

Marinha chinesa participará em manobra ao redor do Oceano Pacífico

Marinha chinesa participa de manobra militar Pan-Pacífico 2014

O porta-voz da Marinha chinesa, Liang Yang, afirmou ontem que na sequência da aprovação da comissão central militar da China, a Marinha chinesa vai enviar navios para paricipar dos exercícios ao redor do Oceano Pacífico, ainda durante este ano.

Esta será a primeira vez em que a Marinha chinesa participará da manobra multilateral conjunta ao redor do Oceano Pacífico, Pan-Pacífico 2014 organizada pela Marinha norte-americana.

Segundo Liang Yang, o grupo que irá participar na manobra é formado pelo contratorpedeiro do míssil teleguiado Haikou, a fragata de mísseis guiados Yueyang, o navio de abastecimento composto Lago Qiandao, o navio médico Paz, dois helicópteros, um grupo de combate especial e um conjunto de submarinos.

De acordo com o consenso alcançado entre as Marinhas chinesa e norte-americana, a China vai participar nos exercícios de tiro, exercícios compostos, ações de segurança marítima, trocas de produtos de medicina militar, resgate humanitário e operações de mergulho. Além disso, a China vai realizar um dia aberto com manobras de navios, organizando os soldados para realizar atividades de intercâmbio multilateral.

Liang Yang revelou que de acordo com o plano de exercícios, em meados de junho, a China, Singapura e Brunei vão realizar uma manobra conjunta. Os três deverão juntar-se aos navios norte-americanos para continuar o percurso até a base naval de Pearl Harbor no Hawaii.

Esta será a primeira vez que a China participa desta atividade militar. O vice-comandante da Marinha chinesa, Xu Hongmeng, disse na cerimônia de despedida aos navios militares, que este exercício será uma importante prática para a construção de novas relações entre as duas potências, China e Estados Unidos, e que o mesmo se trata de uma cooperação amistosa entre a China e os países do Pacífico do Sul. Segundo as informações disponibilizadas, 23 países participarão desta manobra.


Tradução: China Radio International / Rebeca Zhang
Revisão: João Pimenta