COBERTURA ESPECIAL - Fuzileiros Navais - Naval

27 de Março, 2014 - 08:25 ( Brasília )

CFN recebe o primeiro lote do Sistema ASTROS


O setor operativo da Marinha do Brasil recebeu, no dia 17 de março, o primeiro lote do Sistema de Lançadores Múltiplos de Foguetes ASTROS CFN 2020. Em cerimônia realizada no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (CIASC), na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, foi formalizada a entrega de seis viaturas fabricadas pela empresa brasileira AVIBRAS, ao Batalhão de Artilharia do Corpo de Fuzileiros Navais.

O Sistema “ASTROS CFN 2020” é constituído por Lançadores Múltiplos de Foguetes montados sobre viaturas para lançamento de foguetes de artilharia para saturação de área, necessários para estender o alcance da Artilharia de Campanha em profundidade. O Sistema adquirido é composto por doze viaturas, sendo seis Vtr Lançadoras, três Vtr Remuniciadoras, uma Vtr Posto de Comando e Controle, uma Vtr Meteorológica e, mais recentemente, em janeiro do corrente ano, foi formalizada a contratação de uma Vtr Oficina Veicular e Eletrônica, complementando a configuração previamente planejada.

A entrega do primeiro lote do Sistema de Lançadores Múltiplos de Foguetes do Sistema ASTROS representa um importante marco, pelo cumprimento de uma meta prevista no Plano de Articulação e Equipamento da Marinha do Brasil (PAEMB) e pelo fortalecimento da indústria nacional de defesa. O primeiro lote entregue ao Corpo de Fuzileiros Navais é composto por seis viaturas: três "Lançadoras", uma "Remuniciadora", uma "Posto de Comando e Controle" e a outra "Meteorológica".

A cerimônia contou com a presença do Comandante da Marinha, Alte Esq Julio Soares de Moura Neto, do Comandante de Operações Navais, Alte Esq Luiz Fernando Palmer Fonseca, do Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, Alte Esq (FN) Fernando Antonio de Siqueira Ribeiro, do Ex-Comandante-Geral do CFN, Alte Esq (FN) Marco Antonio Correa Guimarães, do Presidente da AVIBRAS, Sr. Sami Youssef Hassuani, membros do Almirantado e autoridades militares e civis atuantes nas áreas de indústria, ciência e tecnologia.