COBERTURA ESPECIAL - Base Industrial Defesa - Naval

28 de Junho, 2018 - 11:10 ( Brasília )

Thales e sua subsidiária Omnisys apresentam na primeira edição da RIDEX uma experiência naval completa


A Thales, líder mundial em tecnologia nos mercados de Defesa, Aeroespacial, Espacial, Transporte e Segurança, é uma das patrocinadoras da RIDEX – Rio International Defense Exhibition, que acontece entre os dias 27 e 29 de junho no Pier Mauá, no Rio de Janeiro.

No evento, a companhia apresentará suas soluções tecnológicas mais avançadas para a indústria de defesa. Presente no país há mais de 50 anos, a Thales é uma importante parceira da Marinha do Brasil. Dentro do programa de aquisição de submarinos, a companhia fornece sonares, sistemas de comunicações e de guerra eletrônica.

A Omnisys, subsidiária da Thales no Brasil, desenvolveu em parceria com o Instituto de Pesquisa da Marinha (IPqM) sistemas de guerra eletrônica fornecidos para corvetas Classe-Barroso e Classe-Inhaúma e fragatas da Classe-Niterói e Navio Escola Brasil.

Como fruto de um relacionamento de longo prazo com todas as forças armadas brasileiras, a empresa possui atualmente mais de 26 Produtos e Serviços Estratégicos de Defesa (PED), incluindo o sonar Kingklip, recentemente adicionado à lista.

Kingklip é um sonar de casco destinado para plataformas de porte médio que opera em modo ativo e passivo em frequência média. É um sonar de alto desempenho para missões de vigilância submarina, bem como para proteção das águas litorâneas.

Um dos exemplos do comprometimento da Thales com o Brasil foi a qualificação, em dezembro de 2017, da Omnisys para a produção local de transdutores no Centro de Excelência em Sonares, inaugurado em janeiro de 2016, na cidade de São Bernardo do Campo (SP).

Com investimentos de mais de R$ 20 milhões, é a primeira empresa a construir uma infraestrutura industrial capaz de fabricar equipamentos de sonares no Brasil. Esse montante faz parte dos mais de R$ 400 milhões investidos pela Thales no Brasil na última década, que contemplaram ainda um centro de excelência para produção de radares de controle do tráfego aéreo; o Centro de Tecnologia Espacial, apoiando de perto o programa do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações (SGDC); um centro de serviços, para manutenção, reparo e revisão de todos os radares da Thales instalados no país; e o Centro de Desenvolvimento de Software para aviônicos.

Nesta edição inaugural da RIDEX, a Thales apresenta uma maneira inovadora de apresentar sua expertise no evento. Uma área contará com demonstrações do portfólio da companhia, usando telas digitais interativas, vídeos e animações.

Serão realizadas apresentações personalizadas das soluções de missão para todos os tipos de plataformas: subaquáticas, de superfície e aéreas.

“É uma satisfação para nós estar na primeira edição da RIDEX e entre os principais players da indústria, demonstrando nosso expertise, sobretudo na área naval, para um público altamente exigente. Nos dá muito orgulho o fato de estarmos qualificados para produzir transdutores no país para o mercado de sonar brasileiro, bem como para a cadeia de fornecimento de sonar global da Thales”, afirma Ruben Lazo, vice-presidente da Thales para América Latina.



Outras coberturas especiais


Especial Espaço

Especial Espaço

Última atualização 16 JUL, 23:20

MAIS LIDAS

Base Industrial Defesa

5
25 JUN, 15:20

RIDEX - SAAB e DAMEN