06 de Fevereiro, 2012 - 10:11 ( Brasília )

Aviação

A Honda Aircraft colocou Brasil, China e Oriente Médio como mercados prioritários para o HondaJet

A Embraer pode enfrentar concorrência da pesada em seus próprios domínios.

A Honda Aircraft, subsidiária da fabricante japonesa de carros, colocou o Brasil, a China e o Oriente Médio como mercados prioritários para sua aeronave, o HondaJet, que deve receber certificação operacional ainda neste ano.

Os planos da Honda não são nada modestos: conquistar um quarto do mercado mundial de aeronaves executivas de pequeno porte, hoje dominado pela Embraer e por empresas como a americana Cessna.
“Nosso produto é mais sofisticado e econômico”, afirmou Michimasa Fujino, CEO da Honda Aircraft. “Nossos concorrentes ainda usam tecnologia dos anos 1990.”