27 de Maio, 2014 - 09:00 ( Brasília )

Aviação

FAB forma 134 novos oficiais nas áreas de saúde e engenharia

Aprovados no concurso público realizado ano passado, os oficiais passaram por um treinamento de 18 semanas e serão agora designados para servir nas diversas Unidades da FAB

O Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR) realizou nessa sexta-feira (23/05), em Belo Horizonte (MG), a tradicional cerimônia militar de entrega de espadas a 134 profissionais das áreas de saúde e engenharia. A solenidade marcou a nomeação de 53 médicos, 24 dentistas, 17 farmacêuticos e 40 engenheiros, aprovados no concurso público realizado ano passado.

Os novos oficiais receberam as espadas, símbolo maior do oficialato nas Forças Armadas, representando a conclusão do curso de adaptação militar e a nomeação ao posto de primeiro-tenente. "Consegui a aprovação no concurso para engenheiros na quarta tentativa", revela o engenheiro mecânico César Streit Lucena, natural de Santa Maria-RS, que ingressou na Aeronáutica como sargento em 2004 e agora é oficial de carreira da FAB. "Estou muito feliz e com mais entusiasmo ainda para prosseguir na carreira militar. Ter alcançado esse sonho foi espetacular, tanto pra mim quanto pra minha família, que me incentivou desde o começo da faculdade", completa César.

O evento contou com a presença de autoridades dos Três Poderes, sendo presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente–Brigadeiro do Ar Juniti Saito. O primeiro colocado geral da turma “Gryphus”, Primeiro-Tenente Engenheiro José Bracannot Velloso, recebeu o “Prêmio de Honra ao Mérito” do Ministério da Defesa e o Prêmio Força Aérea Brasileira, conferido aos primeiros colocados nas escolas de formação das Forças Armadas e do Comando da Aeronáutica, respectivamente.

Curso - Com duração de 18 semanas, o curso de adaptação Militar realizado no CIAAR compreende instruções de armamento, munição e tiro, atividades de campanha, conceitos de chefia e liderança, comunicação oral, elaboração de documentos oficiais e treinamento físico. Os novos oficiais foram designados para servir nas diversas Unidades da FAB localizadas no país, de acordo com as vagas ofertadas no edital do concurso.



ÚLTIMAS

Aviação

MAIS LIDAS