24 de Setembro, 2013 - 09:07 ( Brasília )

Aviação

USAF: Voa o primeiro QF-16 de produção


A Boeing e a Força Aérea dos EUA concluíram o primeiro QF-16 de produção e com um voo demonstraram a próxima geração de alvos aéreos não tripulados dos EUA para treinamento de combate e testes.

O QF-16 é um um caça F-16 retirado do serviço ativo e modificado para ser um alvo aéreo. O perfil de missão para receber a designação “QF” incluiu capacidade de decolagem autonomamente, capacidade de uma série de manobras simuladas, voo supersônico e capacidade de retornar a base e pousar, tudo sem um piloto no cockpit.

“Foi um pouco diferente ver um F-16 decolar sem ninguém nele, mas foi um grande vôo em toda a sua volta”, disse o tenente-coronel Ryan Inman, Comandante do 82nd Aerial Targets Squadron (82º Esquadrão de alvos aéreos). “Agora temos um alvo capaz, altamente sustentável.”

O voo marcou o inicio das avaliações operacionais, incluindo um teste de fogo real na Base Aérea de Holloman. A Marinha, o Exército e a USAF irão usar o QF-16 para testes de armas e outro tipo de formação.

A Boeing modificou seis caças F-16 para a configuração QF-16. A produção inicial, com uma baixa taxa (de conversão) está prevista para começar no quarto trimestre, com as primeiras entregas em 2015.

FONTE: Boeing – Tradução e edição do texto: CAVOK