COBERTURA ESPECIAL - Verde Brasil - Terrestre

26 de Abril, 2021 - 10:10 ( Brasília )

Comando Conjunto Norte identifica mineração ilegal em Marabá (PA)


No dia 20 de abril, o Comando Conjunto Norte (C Cj N), formado pelo Comando Militar do Norte (CMN), 4º Distrito Naval e Comando Aéreo Norte, identificou uma atividade ilegal de mineração na região da Vila União, em Marabá. A ação ocorreu em apoio à Polícia Federal (PF) dentro da Operação Verde Brasil 2, do Exército, e da Operação Magnesium, do C Cj N, e contou com a participação de militares do 52º Batalhão de Infantaria de Selva sob a coordenação da 23ª Brigada de Infantaria de Selva.

Além de realizar ações repressivas contra delitos ambientais, a Operação Magnesium tem contribuído para a manutenção de energia em áreas estratégicas da Amazônia Legal. Com a presença militar e policial, funcionários da Belo Monte Transmissora de Energia puderam realizar as inspeções necessárias em suas torres de transmissão. Ações semelhantes garantem o fornecimento de energia para os estados no norte do país, principalmente no Amapá, estado que sofreu dois apagões: um de 21 dias em novembro de 2020 e outro em 8 de abril desse ano.

 

Nesse último caso, a pane foi ocasionada por problemas com a linha de transmissão no trecho do Linhão de Tucuruí, entre Jurupari (PA) e Laranjal do Jari (AP), operada pela Belo Monte Transmissora de Energia. O problema atingiu 15 dos 16 municípios. A ação ocorre no contexto da Operação Verde Brasil 2, que tem o objetivo de combater crimes e delitos ambientais e eliminar focos de incêndio na Amazônia Oriental.

Os trabalhos dos militares das Forças Armadas ocorrem em coordenação com agentes de órgãos de segurança pública e de proteção ambiental municipais, estaduais e federais. A permanência das Forças Armadas na Amazônia Legal foi autorizada pelo Decreto 10.539, de 4/11/2020. A missão busca contribuir com ações para a preservação da Amazônia previstas pelo Conselho Nacional da Amazônia
.



Fonte: 52º BIS


VEJA MAIS