COBERTURA ESPECIAL - Verde Brasil - Defesa

22 de Março, 2021 - 10:00 ( Brasília )

Militares e agentes do Ibama apreendem equipamentos usados em desmatamento ilegal


Tratores e motosserras foram apreendidos em área desmatada nas proximidades do município de Novo Progresso, no Pará, na quinta-feira (18). A ação contou com a participação de militares das três Forças Armadas, em coordenação com agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Participaram da fiscalização militares que atuam no Comando Conjunto Norte, formado pelo Comando Militar do Norte, 4º Distrito Naval e Ala 9. Integrantes do 53º Batalhão de Infantaria de Selva auxiliaram os agentes do órgão na fiscalização da região e na comprovação da atividade ilegal.



O combate e repressão a ilícitos ambientais na Amazônia Legal ocorrem no contexto da Operação Verde Brasil 2. As atividades contam com a orientação do Grupo de Integração para Proteção da Amazônia (GIPAM), que atua com apoio do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia, o Censipam. Os técnicos do Censipam produzem relatórios com base no cruzamento de dados cartográficos e imagens de satélites.

O GIPAM conta com representantes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Agência Nacional de Mineração, Ibama, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Fundação Nacional do Índio (Funai), Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Serviço Florestal Brasileiro.

A Operação Verde Brasil 2 teve início em 11 de maio de 2020 e tem duração prevista até 30 de abril deste ano. O sucesso da operação é resultado direto do esforço conjunto das Forças Armadas e do GIPAM.


VEJA MAIS