COBERTURA ESPECIAL - Vant - Naval

31 de Março, 2021 - 07:00 ( Brasília )

MB Cria o 1º Esquadrão de Aeronaves Remotamente Pilotadas de Esclarecimento


Diário Oficial da União

Publicado em: 30/03/2021 | Edição: 60 | Seção: 1 | Página: 57

Órgão: Ministério da Defesa/Comando da Marinha/Gabinete do Comandante

PORTARIA Nº 90/MB/MD, DE 29 DE MARÇO DE 2021

Cria o 1º Esquadrão de Aeronaves Remotamente Pilotadas de Esclarecimento e dá outras providências.

O COMANDANTE DA MARINHA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 4º da Lei Complementar nº 97, de 9 de junho de 1999, e o inciso V do art. 26 do anexo I ao Decreto no5.417, de 13 de abril de 2005, resolve:

Art. 1º Criar, dentro da Estrutura Regimental do Comando da Marinha, o 1º Esquadrão de Aeronaves Remotamente Pilotadas de Esclarecimento (EsqdQE-1), Organização Militar com semiautonomia administrativa, subordinado ao Comando da Força Aeronaval, e por este apoiado, que proverá os recursos de pessoal e financeiros necessários à execução de suas tarefas. Com sede na Cidade de São Pedro da Aldeia, Estado do Rio de Janeiro, sob o Comando de um Capitão de Fragata, Aviador Naval, do Corpo da Armada ou Corpo de Fuzileiros Navais, terá o propósito de contribuir com o processo decisório de planejamento e emprego do Poder Naval por meio do emprego de Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP).

Art. 2º Durante a fase de implantação, fica criado o Núcleo de Implantação do 1º Esquadrão de Aeronaves Remotamente Pilotadas de Esclarecimento (NI-EsqdQE-1), o qual deverá, gradativamente, assumir a responsabilidade pela estrutura física, organizacional e orçamentária do EsqdQE-1.

Parágrafo único. O Núcleo de que trata este artigo terá suas atividades e organização estruturadas por uma Organização Administrativa (OA) provisória, aprovada pelo Comandante da Força Aeronaval, sendo considerado automaticamente extinto por ocasião da Cerimônia de Mostra de Ativação do EsqdQE-1.

Art. 3º O Comandante de Operações Navais baixará os atos complementares que se fizerem necessários à execução desta Portaria.

Art. 4º Esta Portaria entrará em vigor a partir de 31 de março de 2021.

ILQUES BARBOSA JUNIOR




Matéria Relacionada



Sistema Aéreo Remotamente Pilotado, SARP, Heron, classificado como um Veículo Aéreo não Tripulado, VANT, pousado na Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia, BaeNSPA. Foto - DAerM

 

MB testa VANT IAI Heron para o SisGAAz  
Dietoria da Aeronáutica da Marinha Coordena a Demonstração do Sistema Aéreo Remotamente Pilotado (SARP) Heron na Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia

13 Fevereiro 2014

  


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Modernização FAB

Modernização FAB

Última atualização 23 OUT, 14:00

MAIS LIDAS

Vant