COBERTURA ESPECIAL - Think Tank - Terrestre

13 de Maio, 2021 - 09:40 ( Brasília )

Exército dos EUA experimenta “cartuchos” para atualizar Carros de Combate


Um novo sistema que vai permitir atualizar os carros de combate está sendo desenvolvido pelo exército dos Estados Unidos. A ideia é manter os veículos blindados dos EUA relevantes nos campos de batalha em evolução, sem que precisem ter os componentes substituídos.

De acordo com o site C4ISRNET, é bem complicado atualizar um carro de combate, pois eles dependem de receptores GPS que informam a localização aos operadores, rádios de comunicação e sensores para detectar e identificar ameaças. Cada recurso requer uma atualização personalizada.

Para evitar tantas dificuldades, o Centro C5ISR do Exército norte-americano espera que o novo projeto economize também dinheiro durante a vida útil das plataformas. A ideia é que pequenos cartões assumam a maior parte do trabalho de manter a frota de veículos blindados fácil de atualizar. Uma comparação mais simples é com os sistemas de videogame como o Nintendo 64 ou Sega Genesis.

O console é apenas um, com uma entrada padrão. Ali é inserido o cartucho com as informações do jogo que usam os recursos do aparelho. Do mesmo jeito, é só trocar o “cartucho” para manter o carro de combate operando de maneira atualizada em todas as partes.

O sistema desenvolvido pelo C5ISR se chama CMOSS. “No passado, os sistemas eram integrados em forma de chaminé. E, como resultado, você tinha muitos equipamentos desnecessários e redundantes na plataforma: antenas, processadores, monitores.

E, como resultado, você basicamente consumiu todo o tamanho, peso e energia [SWaP] que estava disponível”, disse Jason Dirner, líder da equipe do C5ISR ao site C4ISRNET. Com o novo projeto, os excessos são reduzidos e a atualização dos carros de combates acontece na hora. Atualmente, o Exército dos EUA precisa planejar com anos de antecedência à medida em que desenvolve e adquire novos veículos blindados.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Task Force Brazil

Task Force Brazil

Última atualização 21 SET, 01:00

MAIS LIDAS

Think Tank

1