COBERTURA ESPECIAL - TOA - Terrestre

30 de Junho, 2022 - 12:12 ( Brasília )

Brigada de Infantaria de Selva inaugura Centro de Atendimento de Saúde


A família militar, conta, desde 24 de junho, com nova estrutura de saúde em São Gabriel da Cachoeira. A 2ª Brigada de Infantaria de Selva (2ª Bda Inf Sl) inaugurou o Centro de Atendimento a Militares, Dependentes, Inativos e Pensionistas (CAMDIP), cujo foco é o atendimento de saúde aos beneficiários do Fundo de Saúde do Exército (FUSEx).

O CAMDIP objetiva suprir a demanda por atendimentos e consultas eletivas na área de saúde para a família militar, tendo em vista que o Hospital da Guarnição de São Gabriel da Cachoeira (HGuSGC) atende tanto a população civil como a família militar apenas em situações de urgência ou emergência, não realizando agendamento para consultas médicas. O HGuSGC atende somente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e não há organizações civis de saúde disponíveis para a família militar na guarnição.

A inauguração do CAMDIP ocorreu em uma formatura com representação de tropas das organizações militares da guarnição. O Comandante da 2ª Bda Inf Sl, General de Brigada Peixoto, destacou a possibilidade do atendimento personalizado à família militar e beneficiários do FUSEx, por meio da convergência de ações para a disponibilidade dos profissionais de saúde das Formações Sanitárias da Guarnição.

Segundo a Chefe do CAMDIP, Primeiro-Tenente Torres, o Centro fornecerá inicialmente atendimento médico de nível ambulatorial e clínico geral, atendimento psicológico, fisioterápico e nutricional. Haverá atendimento nas especialidades de ortopedia, pediatria e ultrassonografia, mediante agendamento prévio e disponibilidade dos médicos especialistas.

Pamella Mansour, dependente de militar, relatou que, com o Centro de Atendimento, ela agora poderá fazer fisioterapia, que era uma das dificuldades na área da saúde em São Gabriel da Cachoeira. Sobre o atendimento em fisioterapia, o Chefe da Seção de Pessoal da 2ª Bda Inf Sl, Coronel Apolinário, enfatizou que agora grande parte dos adidos e reintegrados não precisarão ser encaminhados para realizar tratamento em Manaus, e esse fato auxiliaria muito na gestão de pessoal da brigada.

O CAMDIP também objetiva ampliar o atendimento em consultas médicas, reduzindo as dificuldades encontradas para agendamentos dos militares e dependentes que servem nos sete Pelotões Especiais de Fronteira e que retornam em períodos regulares para a guarnição de São Gabriel da Cachoeira.

 

Fonte: 2ª Bda Inf Sl

VEJA MAIS