COBERTURA ESPECIAL - TOA - Segurança

05 de Julho, 2021 - 14:11 ( Brasília )

1ª Bda Inf Sl - Força Tarefa Lobo D’Almada emprega sua tropa em ações contra o garimpo ilegal na região de Alto Alegre-RR.


 

 
Fonte: 1ª Bda Inf Sl
Cmdo Militar Amazônia

 
BOA VISTA (RR) – Do dia 29 de junho a 2 de julho de 2021, a Força Tarefa Lobo D’Almada, realizou a Operação Curare XIV / Ágata na região do município de Alto Alegre-RR. A operação é uma ação interagências, com a participação de órgãos de segurança pública e agências como: CIPA, FUNAI, PM RR, PRF, PC RR, FEMARH, IBAMA e ICMBio, tendo como objetivo prevenir e reprimir a logística do garimpo ilegal.

As tropas do Comando de Fronteira Roraima / 7º Batalhão de Infantaria de Selva, do 10º Grupo de Campanha de Selva, do 1º Batalhão Logístico de Selva, do 1º Pelotão de Comunicações de Selva e do 12º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado foram empregadas mobiliando Postos de Bloqueio de Controle de Estrada (PBCE), Postos de Controle e Inspeção Fluvial (PCIFlu), além de realizar patrulhas a pé e motorizadas pela região, onde foram identificados atividades ilegais, as quais foram reportadas aos órgãos competentes para as medidas cabíveis.

Como saldo final da Operação estima-se mais de 01 milhão de reais em apreensões, dentre as quais:

 

• 01 revólver Cal. 38, 01 pistola Cal.7,65, 01 espingarda Cal.20;
• 200 munições (calibres .20 - .22 - .32 - .38);
• 5.200 mil litros de óleo diesel, 750 litros de gasolina, 1.900 litros de querosene;
• 01 embarcação tipo lancha de transporte pessoal;
• 02 motores de embarcação, 01 motor tipo bomba e 01 motor para abastecimento;
• 05 motosserras;
• 03 GPS, 02 SPOT Rádio e 02 antenas via satélite;
• 01 painel de energia solar e 01 transformador de energia solar;
• 01 motocicleta;
• 01 aeronave PT-NDN;
• 01 Helicóptero;
• 01 bomba de combustível móvel;
• Diversas peças de reposição para o helicóptero e aeronave apreendidos;
• 02 detenções.

clique para expandir a imagem

A atuação da 1ª Companhia de Fuzileiros de Selva do C FRON RR / 7º BIS e demais frações subordinadas da 1ª Bda Inf Sl objetiva a desarticulação da prática dos ilícitos ambientais e transfronteiriços nas suas áreas de responsabilidade, visando desestruturar a logística que abastece o garimpo ilegal na Terra Indígena YANOMAMI. Cerca de 350 militares, policiais e agentes foram empregados na Operação.

As tropas da 1ª Bda Inf Sl seguem presentes em todo território do Estado de Roraima, fiscalizando e atuando incansavelmente no combate ao garimpo ilegal e aos crimes ambientais no Extremo Norte do Brasil, atuando em prol da manutenção da soberania nacional.








Clique para expandir as imagens





 


VEJA MAIS