23 de Maio, 2022 - 11:00 ( Brasília )

Terrestre

Curso de Precursor Paraquedista realiza exercício escolar em Minas Gerais


No período de 9 a 13 de maio, o Curso de Precursor Paraquedista do Centro de Instrução Pára-quedista General Penha Brasil (CI Pqdt GPB), realizou o exercício escolar Operação Gavião, na região de Sobradinho e São Tomé das Letras-MG. O exercício priorizou o cumprimento de missões de combate em território hostil, precedida de uma infiltração terrestre e, por último, de uma exfiltração por helicóptero, pré-planejada.

 

A operação está inserida na 1ª Fase do Curso de Precursor Paraquedista - Nivelamento Técnico Operacional e foi realizada com o apoio da Escola de Sargentos das Armas (ESA) e do 2º Batalhão de Aviação do Exército, 

Ainda nessa semana, o Curso de Precursor Paraquedista ministrou uma palestra motivacional para os alunos da ESA, divulgando as atividades inerentes à especialidade.

Militares do Curso de Dobragem de Paraquedas concluem fase de dobragem de paraquedas de salto livre desportivo


No período de 24 de abril a 18 de maio, os alunos do Curso de Dobragem, Manutenção de Paraquedas e Suprimento Pelo Ar (DoMPSA), do Centro de Instrução Pára-quedista General Penha Brasil (CI Pqdt GPB), realizaram as provas de dobragem de paraquedas de salto livre desportivo. Os alunos concluíram com exito mais uma de suas atividades previstas no calendário de 2022, totalizando até o momento oito intensas semanas de curso.

Durante as duas últimas semanas, os alunos do Curso DOMPSA, composto por militares do Exército Brasileiro, Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil e militares de nações amigas, tiveram suas habilidades, resiliência e conhecimentos testados nas provas práticas e teóricas da fase de dobragem de paraquedas de salto livre desportivo.

 

Depois de muito treinamento, dedicação e cansaço extremo, os alunos demonstraram grande capacidade e determinação para fazer parte do seleto grupo de militares prontos para executar a dobragem do paraquedas principal e do paraquedas reserva para o salto livre desportivo.

Esse paraquedas é usado para as mais variadas missões militares, como infiltrações em território inimigo hostil ou negado. As missões paraquedistas contam com um elevado risco e, por isso, a formação em dobragem de paraquedas exige a aplicação dos mais rigorosos padrões técnicos, os quais se encerram no lema "errar nunca". 

 

Fonte: Centro de Instrução Páraquedista General Penha Brasil


ÚLTIMAS

Terrestre

MAIS LIDAS