05 de Junho, 2019 - 10:55 ( Brasília )

Terrestre

Mais de 5 mil armas oriundas de processos judiciais dos estados do Paraná e Santa Catarina são destruídas


O Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados da 5ª Região Militar (SFPC/5) realizou a destruição de 5.053 armas, de vários calibres, peças e acessórios, oriundas de processos judiciais das diversas comarcas dos Estados do Paraná e Santa Catarina.

A atividade teve a coordenação do Setor de Fiscalização de Produtos Controlados (SFPC) do 62º Batalhão de Infantaria, a fim de apoiar o Tribunal de Justiça de Santa Catarina, que recebeu, de 27 a 29 de maio, as armas oriundas de processos judiciais.

As seguintes Unidades receberam os materiais: 62° BI (190 armas); 13º Batalhão de Infantaria Blindado (250 armas); 5° Regimento de Carros de Combate (50 armas); 5° Esquadrão de Cavalaria Mecanizado (395 armas); 26° Grupo de Artilharia de Campanha (586 armas); 5° Batalhão de Suprimento (2.140 armas) e Parque Regional de Manutenção da 5ª Região Militar (1.442 armas).

Essa destruição é a primeira ocorrida durante este ano e aconteceu no dia 30 de maio, na caldeira da Fundição Tupy, empresa que é referência em tecnologia de fundição de blocos e cabeçotes de motores de ferro e usinagem.

Fotos: ComSoc/62ª BI


ÚLTIMAS

Terrestre

MAIS LIDAS