COBERTURA ESPECIAL - Tank - Tecnologia

28 de Agosto, 2021 - 13:00 ( Brasília )

Projeto de modernização no horizonte Engesa EE-9 Cascavel da Guarda Nacional de Chipre

Interessante projeto de blindagem baseada em tecnologia de nano materiais paraa modernizações de viaturas blindadas.

Projeto de modernização no horizonte
Engesa EE-9 Cascavel da Guarda Nacional de Chipre

 

 

 

 
A empresa grega EODH S/A (Engineering Office Deisenroth Hellas) em parceria com a alemã NEMS (Novel Engineering Materials and Solutions) desenvolveu um novo sistema de proteção de plataforma de blindagem avançada denominado ASPIS (Advanced Shielding Platform Integrated System), com capacidade de proteger veículos blindados contra estilhaços e fragmentos de pequenas bombas, Lança Rojão tipo RPG, Mísseis Antitanques, munições de Energia Cinética e projéteis de Artilharia Guiados.
               
Essa proteção balística acoplada aos mais variados tipos de veículos blindados é baseada em tecnologia Nano Avançada (FCS-Future Combat System), sendo compostos por cerâmicas especiais, novas ligas metálicas e fibras naturais de alta resistência, que combinadas permitem soluções integradas de alto desempenho que pode ser moldada, revestindo os veículos.
             
Este sistema de proteção foi apresentado na IDEX 2019 em Abu Dhabi e parece ser bem interessante, tanto que foi oferecido para modernizar diversos veículos blindados da Guarda Nacional do Chipre, e em especial aos EE-9 Cascavel.
               
A empresa também tem divulgado em seu portal a aplicação deste sistema nos mais variados tipos de veículos blindados e carros de combate para o Exército Grego. Em seu portfólio aparece o EE-9 Cascavel, inclusive com uma blindagem Gaiola acrescida ao redor de sua parte traseira montado em conjunto com o sistema ASPIS, o que pode vir a ser uma interessante opção até para o novo programa de modernização que está em curso no Brasil para os EE-9 Cascavel do Exército Brasileiro, o que merece pelo menos uma reflexão.
               
A Guarda Nacional do Chipre emprega diversos blindados de reconhecimento Engesa EE-9 Cascavel modelo M4, séries S4, S5, S8 e S9 provenientes de uma compra de 124 exemplares, ocorrida no início dos anos de 1980, em quatro lotes, que em sua maioria continuam em plena atividade.
              
Estes blindados estão integrados à 20ª Brigada Blindada que opera desde carros de combate a veículos blindados sobre rodas.
 
Créditos e Legendas das fotos:

Nota: Clique para expandir as imagens.




Foto 1: Dois EE-9 Cascavel da Guarda Nacional do Chipre em manobras ocorridas em Abril de 2021. (Foto: Guarda Nacional do Chipre)



Foto 2: Apresentação do sistema ASPIS na IDEX 2019, em Abu Dhabi. Notar as placas que podem ser acopladas a qualquer veículo blindado, que oferecem pouco acréscimo de peso veículo. (Foto: EOHD S/A)



Foto 3: A nova geração de blindagem com Nano tecnologia altamente moldável e adaptável a qualquer superfície da EOHD S/A apresentada na IDEX 2019. (Foto: EOHD S/A)
 


Foto 4: Concepção artística apresentada pela EODH S/A para o EE-9 Cascavel de Chipre. Notar a proteção ASPIS ao redor de todo o veículo com exceção de sua traseira com blindagem Gaiola. (Foto: EODH S/A)
 


Foto 5: Concepção artística apresentada pela EODH S/A para o EE-9 Cascavel de Chipre. Notar em amarelo a blindagem adicional ASPIS e em marrom a blindagem Gaiola ao redor de sua traseira. (Foto: EODH S/A)
 


Foto 6: Sistema ASPIS aplicado num Leopard 1 transformado em transporte de tropas, uma ideia bem interessante, com a proteção gaiola ao redor do motor. (Foto: EODH S/A)
 



Foto 7: Sistema ASPIS aplicado num Leopard 1, com a proteção gaiola ao redor do motor. (Foto: EODH S/A)


 
Foto 8: Sistema ASPIS aplicado num M-113, com torreta automatizada para metralhadora .50. (Foto: EODH S/A)


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


TOA

TOA

Última atualização 22 SET, 09:50

MAIS LIDAS

Tank