COBERTURA ESPECIAL - Tank - Terrestre

30 de Novembro, 2020 - 17:40 ( Brasília )

França qualifica o Griffon Veículo Posto de Comando (Command Post Vehicle - EPC)

Parte do sistema Scorpion do Exército Francês é apresentado o Griffon EPC

 
A Delegação Francesa de Armamentos (DGA) qualificou o Veículo Posto de Comando (Command Post Vehicle - EPC), variante do GRIFFON.

Ao mesmo tempo, as primeiras unidades estão sendo submetidas para aceitação pelo Departamento de Qualidade da DGA, na localidade de Roanne. Portanto, os três primeiros GRIFFON EPC foram entregues à seção técnica do Exército (STAT), que dará continuidade à avaliação operacional desse equipamento com vistas a sua rápida incorporação nos regimentos designados.

O GME (Grupo de Empresas) EBMR (Engins Blindés Multi-Rôles) composto pelas empresas Nexter, Arquus e Thales está totalmente mobilizado na produção das primeiras 20 viaturas da série GRIFFON EPC a serem apresentadas para testes de certificação até o final de 2020.
 
O programa SCORPION prevê a aquisição de 333 unidades da variante GRIFFON, metade das quais serão entregues até 2025. Vale lembrar, o programa SCORPION visa modernizar as capacidades de combate do Exército Francês e, em particular, melhorar o comando por meio de novos recursos de informação.

O GRIFFON EPC pode acomodar um motorista e um artilheiro na frente e cinco soldados na parte traseira do veículo. Do ponto de vista externo, a silhueta do EPC não difere da variante VTT Félin (veículo de transporte de tropas).
 
Só muda o armamento, com a integração na cobertura de uma torre T2 de nova geração operada remotamente, armada com calibre 7,62 mm. No interior, por outro lado, o GRIFFON EPC está totalmente equipado para acomodar um posto de comando: meios de comunicação, Monitores de grande dimensão, quadro e impressora.





Esta variante foi projetada para acomodar equipamentos eletrônicos de última geração para combate colaborativo: os vetrônicos comuns às plataformas SCORPION, o rádio comum CONTACT, o SCORPION Combat Information System (SICS), o sistema optrônico ANTARES oferecendo à tripulação uma visão 360 ° do ambiente, bem como um detector de localização de tiros (ou SLA, para Acoustic Localization System). Além disso, o sistema de ar condicionado se adapta a todos os ambientes para garantir o conforto da tripulação e o bom funcionamento da eletrônica de bordo.

Graças ao seu nível de proteção e mobilidade, a variante EPC do GRIFFON permite que um posto de comando seja implantado rapidamente no centro das operações. O comandante da força pode, portanto, conduzir um combate ou monitorar o progresso de uma ação à nivel de regimento ou de brigada.

A chegada do GRIFFON EPC é complementar ao GRIFFON VTT Félin, com o objetivo de projetar um grupo de batalha conjunto (GTIA) em um teatro de operações estrangeiro até 2021.

Em nome da GME consórcio formado pelas três empresas Arquus, Thales e Nexter (da qual é Presidente e CEO), Stéphane Mayer declara estar muito satisfeito, que este novo marco tenha sido alcançado a tempo: “esta qualificação marca uma nova etapa na modernização do equipamento do Exército francês ".


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


TOAS

TOAS

Última atualização 15 JAN, 13:40

MAIS LIDAS

Tank