COBERTURA ESPECIAL - Especial Espaço

16 de Maio, 2022 - 09:00 ( Brasília )

COMAE realiza operação de controle do SGDC, no Rio de Janeiro (RJ)

A atividade no Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) aconteceu no Centro de Operações Espaciais Secundário (COPE-S), entre a quarta (11/05) e a sexta-feira (13/05)

Major Oliveira Lima

O Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), por meio do Centro de Operações Espaciais (COPE), realizou de quarta (11/05) até esta sexta-feira (13/05), a operação de controle do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), a partir do Centro de Operações Espaciais Secundário (COPE-S), no Rio de Janeiro (RJ).

O COPE é responsável por controlar e empregar os sistemas espaciais de interesse da Defesa. Dentre estes, controla e emprega o SGDC em conjunto com a TELEBRAS, prestando um serviço de caráter estratégico ao Brasil, fornecendo internet de banda larga a 100% do território nacional e provendo as comunicações estratégicas em apoio ao Ministério da Defesa (MD).

Devido à importância desta atividade, o Centro possui um elevado nível de confiabilidade e redundância em todos os seus sistemas operacionais e de infraestrutura crítica e, em último caso, possibilita a migração da operação para um Centro de Operações Secundário, localizado na cidade do Rio de Janeiro, para o caso de um colapso total no Centro de Operações Espaciais localizado em Brasília (DF).

Esta atividade de migração do sistema de controle do satélite entre uma cidade e outra, chamada de Site Switch (do inglês, Mudança de local), é realizada quando for necessário executar treinamentos periódicos das equipes, testes dos equipamentos, atividades de manutenção preventivas ou corretivas, ou em situações de emergência. Em todos os casos é realizado o adestramento dos militares e confirmado o bom funcionamento dos equipamentos, para o caso de uma necessidade real.

No período do Site Switch, além dos treinamentos previstos pelo COPE e pela TELEBRAS, foi executada a manobra periódica de posicionamento orbital do SGDC a partir do Centro de Operações Espaciais Secundário (COPE-S), no Rio de Janeiro. Na ocasião, o COPE-S recebeu a visita do Comandante do COMAE, Tenente-Brigadeiro do Ar Heraldo Luiz Rodrigues, para acompanhamento da atividade. “É muito importante que todos os equipamentos deste Centro estejam operando perfeitamente. Em uma comparação com a aviação, podemos considerá-lo como nosso assento ejetável, pode-se nunca precisar utilizá-lo, mas, quando necessário for, ele deve operar em perfeitas condições”, ressaltou o Oficial-General.

Continuando o desenvolvimento das atividades espaciais gerenciadas pelo Ministério da Defesa e previstas no Programa Estratégico de Sistemas Espaciais (PESE), em 25 de maio de 2022 está previsto o lançamento dos dois satélites do sistema espacial Lessônia, estes com capacidade de obter imagens radar, complementando a capacidade de imagear o território nacional e atender a todas as demandas governamentais.

Fotos: COMAE e Luiz Eduardo Perez/ASCOM DECEA


VEJA MAIS