COBERTURA ESPECIAL - Especial Espaço - Aviação

14 de Fevereiro, 2022 - 14:14 ( Brasília )

Agência Espacial Brasileira completa 28 anos

Durante evento em Brasília (DF), militares e civis da Força Aérea Brasileira (FAB) e de outras instituições receberam a Menção de Honra ao Mérito Espacial

Tenente Flávia Rocha, Aspirante Eniele Santos E Aspirante Roberta Nunes / CECOMSAER


Em comemoração aos seus 28 anos, a Agência Espacial Brasileira (AEB) realizou nesta quinta-feira (10/02), na sede da autarquia, em Brasília (DF), a cerimônia de entrega da Menção de Honra ao Mérito Espacial para 16 personalidades que contribuem ou contribuíram significativamente com o setor espacial brasileiro.

Em reconhecimento aos relevantes serviços prestados ao País, foram homenageados o Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos César Pontes; o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior; o Ex-Diretor do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), Coronel Aviador Marcello Correa de Souza; a servidora do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) e Engenheira Eletrônica Maria Goretti Dantas; dentre outros civis e militares.

De acordo com o Presidente da Agência Espacial Brasileira, Coronel Engenheiro da Reserva Carlos Augusto Teixeira de Moura, a parceria com a FAB é fundamental, especialmente com a nova edição do Programa Nacional de Atividades Espaciais (PNAE), que é um instrumento de planejamento do Programa Espacial Brasileiro (PEB). “Nós precisamos e confiamos muito nas entidades da Aeronáutica porque elas são pilares essenciais da atividade espacial no Brasil”, completou.

De acordo com o Coronel Correa, a homenagem materializa a parceria que houve entre a Agência Espacial Brasileira e o Centro de Lançamento de Alcântara, que tem por missão executar as atividades de lançamento e rastreio de engenhos aeroespaciais e de coleta e processamento de dados de suas cargas úteis, bem como a execução de testes e experimentos de interesse do Comando da Aeronáutica, relacionados com a Política Nacional de Desenvolvimento das Atividades Espaciais (PNDAE). “Realmente conseguimos trabalhar em conjunto, atingimos as metas previstas e hoje estamos aqui com esse evento para coroar esse ciclo”, destacou.

Também foi agraciada a servidora civil da FAB e Engenheira Eletrônica Maria Goretti Dantas, que ingressou na carreira aeroespacial em 1984. Ela participou da instalação, recebimento em campo, aproximação e manutenção do radar Adour no Centro de Lançamento de Alcântara.

Este radar apoia as atividades do Programa Espacial Brasileiro no rastreio dos veículos espaciais durante voo. Desde 2002, a Engenheira atua como interface técnica, operacional e de qualidade entre o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno e o Centro Espacial Guianês, na Guiana Francesa.

Para mim é uma honra, principalmente para o CLBI, que faz o rastreamento de foguetes lançados na Guiana Francesa a partir do estado do Rio Grande do Norte. Portanto, essa indicação aumenta muito a importância do CLBI, perante a AEB e a Aeronáutica”, ressaltou.

Histórico da AEB

A Agência Espacial Brasileira, autarquia vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), é a instituição responsável por formular, coordenar e executar a Política Espacial Brasileira. Desde a sua criação, em fevereiro de 1994, a Agência trabalha para empreender os esforços do governo brasileiro na promoção da autonomia do setor espacial.

A PNDAE estabelece objetivos e diretrizes para os programas e projetos nacionais relativos à área espacial, e tem o PNAE como principal instrumento de planejamento.

Fotos: Sargento Bianca Viol / CECOMSAER 


VEJA MAIS