COBERTURA ESPECIAL - Especial Espaço - Aviação

10 de Dezembro, 2020 - 10:25 ( Brasília )

Equipe do ITA ganha prêmio em competição internacional


Alunos do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) participaram, nos dias 28 e 29 de novembro, do Desafio Espacial Latino Americano (Latin American Space Challenge - LASC) 2020.

A LASC é uma competição anual de engenharia de foguetes experimentais, realizada em três dias consecutivos e considerada a mais importante da América Latina.

O Desafio tem como missão motivar pessoas de toda a América Latina a desenvolverem e lançarem foguetes com pequenos satélites (smallsat) como carga útil, dentro de uma visão que motive os participantes a perseguirem seus sonhos apesar de todas as dificuldades.

Neste ano, devido à pandemia da COVID-19, o evento ocorreu de forma virtual.

A equipe ITA Rocket Design, sob orientação do Prof. Dr. Airton Nabarrete, é composta por alunos de graduação do ITA, e trabalha com vários objetivos, dentre eles o de promover o contato dos estudantes com desenvolvimento de foguetes, passando por todas as fases, desde o projeto até o lançamento. A equipe competiu na categoria “3k Apogeu, motor sólido“ com outras cinco equipes, entre elas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET-RJ) e algumas equipes formadas por Ex-alunos de Engenharia Aeroespacial do ITA, conquistando o prêmio de primeiro lugar.

“A participação nessas competições é altamente motivadora, além de proporcionar uma grande oportunidade de aprendizagem do trabalho em equipe”, acrescentou o Prof. Nabarrete.

Por ter ocorrido virtualmente, não houve competição de voo. Desta forma, os jurados somente avaliaram o Projeto do Foguete RD-X da equipe ITA Rocket Design. Além disto, houve uma “Sprint Challenge“, onde os alunos tiveram uma semana para executar um projeto rápido de Constelação de Satélites, que entrou para substituir a pontuação que seria dos eventos presenciais.

“Todos da equipe concordam que foi um desafio maior, nós sempre nos beneficiamos muito do ambiente de proximidade propiciado por estarmos juntos no alojamento estudantil H-8, e perder isso em 2020, devido à COVID, nos obrigou a reinventar nosso modo de trabalhar e se reunir”, disse o aluno Pedro Saliba, da turma que se formará em 2022 (T22).



Outras coberturas especiais


PM

PM

Última atualização 03 MAR, 16:20

MAIS LIDAS

Especial Espaço