COBERTURA ESPECIAL - SisGAAz - Naval

11 de Janeiro, 2022 - 09:00 ( Brasília )

Marinha realiza ação de presença na Bacia de Santos

Marinha realiza Operação “Aspirantex/2022”

Durante a Operação “Aspirantex/2022”, a Marinha do Brasil (MB) realizou ação de presença na Bacia de Santos por meio de um Grupo-Tarefa, capitaneado pelo Navio-Aeródromo Multipropósito “Atlântico” e composto pelos Navio Doca Multipropósito “Bahia”, Fragata “Liberal” e Fragata “Independência”. Na ocasião, os navios reforçaram a segurança da Zona Econômica Exclusiva na região da Bacia, maior produtora de petróleo e gás natural do Brasil. Em números, os 20 campos petrolíferos equivalem a 63% da produção de petróleo e de 64% do gás natural da produção nacional.

A ação de presença naquela parcela da Amazônia Azul reafirma a preocupação da MB em proteger as riquezas, garantir a soberania e a defesa dos interesses econômicos do Brasil. Além disso, visa à dissuasão de eventuais riscos ao desenvolvimento da Economia Azul, conceito que define a contribuição dos oceanos à economia por meio do uso dos recursos vivos e não vivos em benefício do desenvolvimento nacional.

Marinha realiza Operação “Aspirantex/2022”

A Marinha do Brasil (MB) realiza, até o dia 27 de janeiro, a Operação “Aspirantex/2022”, na área marítima compreendida entre os estados do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, com previsão de visita aos portos de Rio Grande (RS), Itajaí (SC) e Paranaguá (PR).

O propósito da “Aspirantex” é contribuir para o incremento do adestramento dos meios navais e aeronavais da Esquadra, e para a familiarização dos Aspirantes da Escola Naval sobre a vida no mar, com ênfase na orientação para os alunos do 2º ano na opção de Corpo e na escolha da sua área de Habilitação.



A Operação está dividida em seis fases, dentre pré-comissão, fases de mar, fases de porto e regresso. Durante as fases de mar, serão realizados diversos exercícios de caráter estritamente militar, relacionados às tarefas básicas do Poder Naval, e ação de presença nas Águas Jurisdicionais Brasileiras.

Nas fases de porto, em cumprimento aos protocolos estabelecidos pelas autoridades sanitárias e às medidas de prevenção à proliferação da Covid-19, os navios não serão abertos à visitação pública.

O Comandante da 1ª Divisão da Esquadra, Contra-Almirante Marcelo Menezes Cardoso, será o Comandante do Grupo-Tarefa, responsável pelo planejamento e execução das atividades relacionadas à “Aspirantex”, que contará com a participação dos seguintes meios navais, aeronavais e Organizações Militares: Navio-Aeródromo Multipropósito “Atlântico”, Navio Doca Multipropósito “Bahia”, Fragata “Liberal”, Fragata “Independência”, Submarino “Tikuna”, Navio-Patrulha Oceânico “Amazonas”, Navio de Apoio Oceânico “Mearim”, Grupamento de Mergulhadores de Combate, Carros Lagarta Anfíbio, e aeronaves “Super Cougar”, Seahawk”, “Bell Jet Ranger III”, “Esquilo”, “Skyhawk”, além das pertencentes à Força Aérea Brasileira, “Orion” e “Bandeirante Patrulha”.


Aspirantes acompanham exercício no Centro de Operações de Combate do Navio-Aeródromo Multipropósito “Atlântico”


VEJA MAIS