COBERTURA ESPECIAL - SisGAAz - Naval

26 de Março, 2021 - 10:20 ( Brasília )

Navio-Patrulha “Guajará” apreende mais duas embarcações pesqueiras nas proximidades de Plataforma da Petrobras


O Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sul-Sudeste, com emprego do Navio-Patrulha (NPa) “Guajará”, realizou duas novas apreensões de embarcações pesqueiras em operação de pesca irregular.

O navio, em cumprimento à Patrulha Naval no litoral de São Paulo, identificou duas embarcações que realizavam atividade de pesca dentro da área de segurança da Plataforma “Mexilhão”, a menos de 500 metros de distância.

Um dos pesqueiros foi flagrado amarrado à plataforma, sendo constatado, ainda, que o seu condutor não possuía habilitação. As embarcações foram apreendidas e escoltadas até o Porto de São Sebastião, onde foram notificadas pela Delegacia da Capitania dos Portos em São Sebastião e tiveram a carga apreendida.

Os resultados obtidos refletem as ações de Patrulha Naval conduzidas na área de plataformas, a mais de cem milhas náuticas do litoral, entre os dias 22 e 24 de março, com um total de quatro embarcações apreendidas que transportavam mais de 60 toneladas de pescado irregular. A Patrulha Naval tem por objetivo coibir a ocorrência de crimes e aumentar a segurança na área marítima sob responsabilidade do Comando do 8º Distrito Naval.

Aviso de Patrulha “Anequim” realiza Inspeção Naval na Região dos Lagos


Entre os dias 11 e 22 de março, o Aviso de Patrulha (AviPa) “Anequim”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sudeste, realizou ações de fiscalização e patrulhamento do tráfego aquaviário em Cabo Frio, Arraial do Cabo e Armação dos Búzios (RJ).

As ações foram conduzidas em apoio à Delegacia da Capitania dos Portos de Cabo Frio, com uma moto aquática embarcada, o que ampliou as capacidades e a área de atuação do navio. No período, foram realizadas mais de 240 abordagens.

A atividade de fiscalização do tráfego aquaviário é fundamental para contribuir para a salvaguarda da vida humana no mar, segurança da navegação e combate à poluição hídrica proveniente de embarcações, de modo a firmar o compromisso de todos por uma navegação segura.

As abordagens também contribuíram para orientações sobre uso de equipamentos de segurança e normas de comportamento nas embarcações, como a proibição de descarte de lixo no mar, de modo a incrementar a mentalidade marítima dos navegantes. As ações foram conduzidas em conformidade com as medidas de enfrentamento à Covid-19.