COBERTURA ESPECIAL - SisGAAz - Naval

20 de Novembro, 2020 - 11:30 ( Brasília )

Marinha realiza conscientização alusiva ao Dia Nacional da Amazônia Azul


O Centro de Hidrografia e Navegação do Norte (CHN-4), subordinado ao Comando do 4º Distrito Naval (Com4ºDN), realizou, por meio do Aviso Balizador “Vega”, em 14 de novembro, campanha de conscientização para população de Afuá (PA) alusiva ao Dia Nacional da Amazônia Azul, comemorado em 16 de novembro.

A ação foi executada por dez militares do CHN-4, além de militares do 2° Batalhão de Operações Ribeirinhas (2°BtlOpRib) que estavam a bordo do Aviso, e abrangeu toda a orla principal da cidade. A atividade contou com a divulgação do conceito da Amazônia Azul, da importância econômica do território marítimo e da preservação ambiental, bem como do descarte correto de lixo e das ações que a Marinha vem desenvolvendo para preservar e proteger a Amazônia Azul, além das medidas de prevenção à Covid-19.

O Dia Nacional da Amazônia Azul, instituído pela Lei nº 13.187, de 11 de novembro de 2015, mesmo dia que entrou em vigor a Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar, é a homenagem ao mar brasileiro: a Amazônia Azul.

Comando do 4º Distrito Naval conscientiza população sobre a Amazônia Azul

O Comando do 4º Distrito Naval, por meio das Capitanias dos Portos do Piauí (CPPI), do Amapá (CPAP) e da Capitania Fluvial de Santarém (PA), realizou, no dia 16 de novembro, ações simultâneas de conscientização sobre a importância da Amazônia Azul para a manutenção da soberania, conservação, sustentabilidade e potencial científico e econômico do País.

As atividades ocorreram em proveito de inspeções navais, quando foram entregues panfletos informativos a tripulantes e passageiros de embarcações. Na ocasião, militares das Capitanias explicaram para população como os rios e mares podem ser explorados de forma consciente e segura no campo do ecoturismo, na extração de petróleo, na atividade pesqueira, além de ressaltarem que mais de 95% do comércio exterior brasileiro é transportado por via marítima.

A Estação Radiogoniométrica da Marinha em Belém (PA) e o Hospital Naval de Belém também divulgaram junto à sociedade as atividades que a Marinha desenvolve para preservar o meio ambiente e as que visam melhorias na navegação, que colaboram tanto para segurança quanto para desenvolvimento econômico das regiões cercas por mar e rio.


Com5ºDN realiza ações no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina pelo Dia Nacional da Amazônia Azul

O Comando do 5º Distrito Naval (Com5ºDN), realizou, no dia 16 de novembro, por meio das organizações militares subordinadas, nos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, diversas atividades pelo Dia Nacional da Amazônia Azul. A ação da Marinha teve o objetivo de incentivar a mentalidade marítima na sociedade por meio do slogan “Nosso mar. Nossas águas. É Brasil!”.

No total, foram contabilizadas mais de 2,3 toneladas de resíduos coletados na ação que envolveu 257 militares. A data visa, além da limpeza das águas, promover ações com foco no binômio conscientização ambiental e segurança do tráfego aquaviário. A Marinha, em contribuição à divulgação do Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar, tem desenvolvido ações de combate à poluição marinha.

A atuação dos militares na retirada de resíduos de ambientes aquáticos (praias, lagos, rios e respectivas orlas) seguiu todas as medidas de prevenção ao novo coronavírus. As ações, que foram realizadas pelas organizações militares da jurisdição do Com5ºDN, contaram com a parceria de prefeituras e órgãos ambientais.

No RS, a área de abrangência compreendeu as cidades de Porto Alegre, Rio Grande, Pelotas, São José do Norte, Uruguaiana e Tramandaí. Em Santa Catarina, as atividades abrangeram as regiões de Florianópolis, Itajaí, Laguna e São Francisco do Sul. Nas atividades realizadas no Rio Grande do Sul, estiveram envolvidos militares da Capitania Fluvial de Porto Alegre, da Capitania dos Portos do Rio Grande do Sul, do Grupamento de Fuzileiros Navais do Rio Grande, da Estação Naval do Rio Grande, do 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Sul, do Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sul, da Agência da Capitania dos Portos em Tramandaí e do Com5ºDN.

Já em Santa Catarina, os militares da Capitania dos Portos de Santa Catarina, da Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina, da Delegacia da Capitania dos Portos em Itajaí, da Delegacia da Capitania dos Portos em São Francisco do Sul, da Delegacia da Capitania dos Portos em Laguna foram empregados nas ações.


Marinha e CCR Barcas promovem exposição “Mar limpo é vida!” sobre combate ao lixo no mar

A Marinha e a empresa CCR Barcas, em parceria com a Cátedra Unesco para Sustentabilidade do Oceano, os Institutos de Estudos Avançados e Oceanográfico da Universidade de São Paulo, e Instituto Costa Brasilis, promoveram no período de 16 a 20 de novembro, em comemoração ao Dia da Amazônia Azul (celebrado em 16 de novembro) a exposição “Mar limpo é vida!”.

Os passageiros que, nesse período, transitaram pelas estações das barcas Praça Arariboia, no Centro de Niterói, e Praça XV, no Centro do Rio de Janeiro (RJ), visitaram a exposição, que contou com banners, exibição de vídeos, distribuição de cartilhas e locuções sonoras com ações em prol da despoluição e preservação da Baía de Guanabara.

O lixo no mar é uma das principais ameaças ao oceano, pois afeta a vida marinha, a economia, o bem-estar humano e a segurança das pessoas no mar. O consumo não consciente, o descarte inadequado e a má gestão contribuem para esse problema.

 


VEJA MAIS