COBERTURA ESPECIAL - SisGAAz - Naval

22 de Outubro, 2020 - 11:30 ( Brasília )

Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha realiza apresentação na 72ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)


O Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, Almirante de Esquadra Marcos Sampaio Olsen, participou, em 8 de outubro, da “72ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - SBPC”, como representante da Marinha do Brasil. O evento teve transmissão ao vivo pelo canal da SBPC no YouTube.

A conferência, mediada pelo Vice-Presidente da SBPC, Aldo Malavasi, teve como tema “Ciência, Tecnologia e Inovação na Marinha do Brasil”. O Almirante Olsen iniciou a apresentação enfatizando a contribuição substancial do Almirante Álvaro Alberto para as pesquisas brasileiras sobre energia nuclear, destacando sua iniciativa para o projeto de criação do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Durante a apresentação, ressaltou sobre a Estratégia de Ciência, Tecnologia e Informação (CT&I) da Marinha, estruturada na tríplice hélice, que busca fomentar a inovação com base na relação governo?universidade?empresa.

Mencionou, ainda, que enfoque prioritário é a ampliação do aproveitamento do Marco Legal de Inovação para estabelecer diferentes formas de parcerias entre Instituição Científica Tecnológica e de Inovação (ICT) da Marinha e organizações extra-MB, visando desenvolver tecnologia nacional. Na área do mar, enalteceu a atividade do Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM), ICT reconhecida internacionalmente, e referência nacional no desenvolvimento de pesquisa e tecnologia associada aos organismos bioincrustantes.

A atividade tem o propósito de aumentar o conhecimento para um maior controle desse organismo por ser uma espécie invasora em águas brasileiras e que acarretam custos para empresas de transporte marítimo e de exploração petrolíferas, como a sobrecarga de motores.

Entre os diversos assuntos pontuados, também, citou o projeto-piloto do “Sistema de Gerenciamento da Amazônia Azul” (SisGAAZ), conjunto de subsistemas integrados que visa aprimorar a capacidade de gerenciamento do espaço marítimo, com vigilância e monitoramento por sensores ativos.


Em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), a 72ª Reunião Anual da SBPC, por conta das medidas de enfrentamento à pandemia de Covid-19, foi realizada de modo virtual.

Tais eventos têm o mérito de reunir representantes de instituições científicas, tecnológicas e de inovação, autoridades e gestores do Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia, tendo a DGDNTM, na qualidade de órgão central de CT&I da Marinha, um dos seus mais relevantes atores, com o objetivo de debater políticas públicas e temas correlatos nas áreas de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação, difundindo os avanços conquistados nas diversas áreas do conhecimento para toda a sociedade.