COBERTURA ESPECIAL - Russia Docs - Pensamento

20 de Fevereiro, 2022 - 17:00 ( Brasília )

Video - A Geopolítica das Relações entre a Rússia e o Ocidente: Antigos Fantasmas em uma Nova Era

Aula do Prof. Dr. Berzins no Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo em parceria com o DSI - Iniciativa Estratégias em Defesa, Segurança e Inteligência/Ciência, Tecnologia e Inovação e Relações Internacionais

Nota DefesaNet

 Aula do Prof. Dr. Berzins no Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo em parceria com o DSI - Iniciativa Estratégias em Defesa, Segurança e Inteligência/Ciência, Tecnologia e Inovação e Relações Internacionais.

A palestra está baseada no texto do Dr Berzins publicada por DefesaNet com exclusividade:

Dr Janis Berzinš - A Geopolítica das Relações entre a Rússia e o Ocidente: Antigos Fantasmas em uma Nova Era 

 







Aula do Prof. Dr. Berzins no Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo em parceria com o DSI - Iniciativa Estratégias em Defesa, Segurança e Inteligência/Ciência, Tecnologia e Inovação e Relações Internacionais.

As tensões atuais na fronteira entre Rússia e Ucrânia e as conversações em curso entre dirigentes desses dois países e demais partes interessadas, em especial aquelas ligadas à Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), justificam uma revisão da dinâmica interna da sociedade russa e da política externa dela derivada, por meio do entendimento do papel da liderança de Vladimir Putin e do embasamento ideológico e político que subsidia a questão Ucrânia /Rússia/EUA/OTAN.

A Rússia vem se posicionando de forma cada vez mais estridente sobre a suposta expansão da OTAN em áreas que considera de seu vital interesse. Realmente, a maior parte dos países do antigo Pacto de Varsóvia e os Países Bálticos, que foram repúblicas soviéticas, são membros da OTAN atualmente.

Fazer parte da aliança militar é um dos objetivos principais da política externa georgiana e a Ucrânia anunciou sua disposição em se tornar membro desde a época da Revolução Laranja. Até recentemente, a Rússia parecia estar aceitando a expansão da OTAN com relativa calma e paciência, apesar de frequentemente citar uma promessa não documentada que esta não se expandiria para o Leste. Sobre uma possível admissão da Geórgia na OTAN sem a Ossétia do Sul e Abkhazia, o ministro de relações exteriores da Rússia Sergey Lavrov afirmou em uma entrevista para o jornal Kommersant que “nós não vamos começar uma guerra, eu prometo isso.

Mas nossas relações com a Aliança do Atlântico Norte e aqueles países que fizerem isso uma prioridade serão seriamente prejudicadas. Com a anexação da Crimeia e a guerra em Dombas e Lukhansk, a Ucrânia vem se apressando em se tornar membro da OTAN.

Como não cumpre os requerimentos necessários, essa questão ainda deve demorar muitos anos. Conversas nos bastidores frequentemente citam no mínimo dez anos, mas chegam até 20 ou mesmo 30 anos. Mesmo assim, há um ano vem amalgamando tropas nas fronteiras ucranianas, chegando a aproximadamente 100 mil homens. Com a Ucrânia o buraco é mais embaixo.

Texto completo:

Dr Janis Berzinš - A Geopolítica das Relações entre a Rússia e o Ocidente: Antigos Fantasmas em uma Nova Era


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


RESET

RESET

Última atualização 28 MAI, 18:13

MAIS LIDAS

Russia Docs