COBERTURA ESPECIAL - Pandemic War - Aviação

15 de Março, 2021 - 09:09 ( Brasília )

Aeronaves da FAB transportam gerador, usina e cilindros de oxigênio para o Acre

Aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) prestaram apoio às cidades de Rio Branco e Laranjal do Jari entre sexta-feira (12) e domingo (14)

Tenente Raquel Alves

Duas aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB), um C-105 Amazonas e um C-130 Hércules, transportaram entre sexta-feira (12) e domingo (14), para as cidades de Rio Branco e Laranjal do Jari, no estado do Acre (AC), 50 cilindros de oxigênio e uma usina geradora de oxigênio respectivamente. 

O C-105 Amazonas, aeronave operada pelo do Primeiro Esquadrão do Décimo Quinto Grupo de Aviação (1º/15º GAV) – Esquadrão Onça, decolou de Guarulhos (SP) carregado e pousou em Rio Branco (AC), às 4h30 (horário local). A carga de cilindros de oxigênio, doados pelo Ministério Público Estadual do Acre (MP-AC) e a empresa Rio Med, foi destinada ao atendimento de pacientes com COVID-19.

"É sempre uma grande honra poder participar dessa missão. O Esquadrão vem apoiando e cumprindo atividades em apoio à Operação COVID-19 com muito orgulho, como em missões de UTI aérea e transporte aéreo logístico", comentou o Comandante da Aeronave, Capitão Aviador Kleber Aurélio Saugo.



Já o C-130 Hércules, operado pelo Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1º/1º GT) - Esquadrão Gordo, transportando a usina geradora de oxigênio, pesando 8 toneladas, decolou do Rio de Janeiro (RJ) na sexta-feira (12) às 19h55 e pousou em Anápolis (GO) para embarque de um gerador de duas toneladas e meia. Na sequência, o avião seguiu para a cidade de Monte Dourado onde pousou no sábado (13) às 16h25. O equipamento será transportado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no município de Laranjal do Jari. Há previsão de mais uma usina e um gerador de energia ser levado para um Hospital da cidade de Oiapoque.

O Comandante do C-130, Capitão Aviador Guilherme Guimarães Neto, destacou a importância da missão. "Mais uma missão da Operação COVID cumprida com sucesso, pra nós é uma honra ajudar a população brasileira", disse.

No último dia 11 de março uma aeronave KC-390 Millennium transportou do Rio de Janeiro (RJ) mais de 13 toneladas em doações da Cruz Vermelha Brasileira. A carga, composta por equipamentos de proteção individual (EPI), medicamentos, material de limpeza e de higiene pessoal, repelentes e itens de desinfecção foi destinada aos municípios do Acre em situação de calamidade, onde ocorreram enchentes, aumento no número de casos de dengue e COVID-19. O Tribunal de Justiça do Acre foi o responsável em coordenar toda a operação de recebimento, armazenamento, separação e distribuição da doação.

Fotos: Júnior Aguair / Secom Acre; Capitão Roeles / 1º/1º GT


VEJA MAIS