COBERTURA ESPECIAL - Pandemic War - Aviação

01 de Fevereiro, 2021 - 10:10 ( Brasília )

FAB transporta doses de vacina contra o novo Coronavírus para Uiramutã (RR)

Município está localizado na região Norte e faz fronteira com Guiana e Venezuela

Tenente Letícia Faria E Capitão Oliveira Lima

A Força Aérea Brasileira (FAB) empregou a aeronave C-98A Caravan, pertencente à Ala 7, em Boa Vista (RR), na Operação COVID-19, para o transporte de 226 doses da vacina contra o novo Coronavírus. Conforme o Ministério da Saúde, os imunizantes são destinados para pessoas de grupos de risco como indígenas, idosos e profissionais de saúde.

O FAB 2721 decolou nesta sexta-feira (29), da Ala 7, às 10h05, com destino ao município de Uiramutã (RR), que faz fronteira com os Países da Guiana e da Venezuela, transportando 70 doses de vacinas. E, na última segunda-feira, dia 25 de janeiro, realizou o transporte de mais 156 doses.

Um dos pilotos da aeronave, Tenente Aviador Renato Valim Klink, demonstrou sua alegria ao cumprir a missão. “Tive a feliz oportunidade de realizar o transporte das vacinas. Neste momento tão delicado que passamos, levar as vacinas é o início da superação de todas as dificuldades que vivemos desde o ano passado”, garante o Oficial.

Já o Mecânico da aeronave, Sargento André Luiz Cauper Pereira, destacou a satisfação deste momento. “É uma honra participar da missão de levar vacina a um dos pontos mais extremos do nosso Brasil, especialmente por ser filho da terra e contribuir para esse marco histórico do meu estado”, finaliza.

Operação COVID-19

As Forças Armadas estão, desde o início da Operação COVID-19, dedicando seus esforços no enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus. O Comando da Aeronáutica emprega seu efetivo e suas aeronaves, 24 horas por dia e sete dias por semana, em atendimento às necessidades da sociedade brasileira.

FAB transporta pacientes oncológicos de Manaus (AM) para o Rio de Janeiro (RJ)¹

Um C-97 Brasília da Força Aérea Brasileira (FAB), pertencente ao Sétimo Esquadrão de Transporte Aéreo (7º ETA), cumpriu, nesta sexta-feira, dia 29 de janeiro, missão de apoio à Operação COVID-19. O intuído foi realizar a remoção de oito pacientes em tratamento oncológico, e seus acompanhantes, para o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a fim de disponibilizar vagas na rede pública de saúde de Manaus (AM) para atendimento de pacientes com o novo Coronavírus.

O FAB 2015 decolou da Ala 8, em Manaus (AM), às 11 horas (horário de Brasília), com destino à Ala 11, no Rio de Janeiro (RJ), onde pousou às 18 horas. Um dos pilotos da aeronave, Tenente Aviador Rafael Félix Raposo da Costa Pereira, comentou sobre o cumprimento da missão. “Muito gratificante auxiliar na transferência desses pacientes de modo a colaborar com a rede pública de saúde de Manaus no enfrentamento da pandemia”, completou o Oficial.


¹Por: Tenente Letícia Faria E Tenente-Coronel Santana
Fotos: Tenente Heitor / Ala 7 - ¹Major Veras e Capitão Marangon / 7º ETA


VEJA MAIS