COBERTURA ESPECIAL - Pandemic War - Defesa

14 de Outubro, 2020 - 12:50 ( Brasília )

Forças Armadas realizam ações sociais para minimizar impactos da pandemia junto a indígenas


Tenente Carlôto


As medidas para evitar a proliferação do novo coronavírus, realizadas pelos militares das Forças Armadas em apoio aos órgãos de saúde, continuam por todo o Brasil. O Comando Conjunto Norte, por meio da Marinha do Brasil, apoiou com uma aeronave UH-15 o transporte de profissionais da área de saúde e de materiais para atendimento a indígenas no Maranhão.

A ação interministerial, que foi realizada em três fases, efetuou atendimento médico a mais de 30 mil indígenas, distribuiu cerca de 4 toneladas de insumos para combate à Covid-19, além de prestar 130 atendimentos veterinários na última fase da operação, beneficiando, assim, 15 aldeias. Já no Comando Conjunto Leste, a Marinha do Brasil realizou ação social em parceria com a Paróquia Nossa Senhora da Guia, no bairro do Lins, no Rio de Janeiro. A ação visou minimizar os danos decorrentes da pandemia do novo coronavírus.

Foram assistidos moradores das comunidades do Complexo do Lins, que já haviam sido previamente cadastrados na paróquia. Ao chegarem, eles passaram por aferição de temperatura, higienização das mãos com álcool e receberam máscaras descartáveis. Além disso, foram realizadas vacinação contra a gripe (H1N1) e distribuição de, aproximadamente, meia tonelada de hortaliças.

Higienização de espaços públicos



O Comando Conjunto Leste, por intermédio da Marinha do Brasil, promoveu ação de desinfecção no Hospital Federal dos Servidores do Estado, no município do Rio de Janeiro. A ação dá continuidade a uma série de medidas para controlar a disseminação do novo coronavírus.

Cerca de 30 militares foram empregados na desinfecção de corredores, salas e enfermarias da instituição. A execução foi feita com cautela, permitindo que os servidores não deixassem de trabalhar e os pacientes continuassem a ser atendidos. Os militares desinfectaram, no total, 6.420 m² de área do hospital.

Doação de sangue



No Comando Conjunto Oeste, cerca de 120 militares da 13ª Brigada de Infantaria Motorizada, do 13º Pelotão de Polícia do Exército e do 13º Pelotão de Comunicações, em Cuiabá, no Mato Grosso, promoveram a doação de sangue no Hemocentro local.

Ao longo do ano, o Exército Brasileiro incentiva a doação de sangue em todo o país, por meio de campanhas. Neste ano, a campanha “Ajudar está no nosso Sangue”, teria início em junho. No entanto, foi antecipada para o mês de abril a fim de abastecer os estoques dos hemocentros do país no enfrentamento da pandemia.

Operação Covid-19

O Ministério da Defesa ativou, em 20 de março, o Centro de Operações Conjuntas, para atuar na coordenação e no planejamento do emprego das Forças Armadas no combate ao novo coronavírus. Nesse contexto, foram ativados dez Comandos Conjuntos, que cobrem todo o território nacional, além do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), de funcionamento permanente. A iniciativa integra o esforço do governo federal no enfrentamento à pandemia.

As demandas recebidas pelo Ministério da Defesa, de apoio a órgãos estaduais, municipais e outros, são analisadas e direcionadas aos Comandos Conjuntos para avaliarem a possibilidade de atendimento. De acordo com a complexidade da solicitação, tais demandas podem ser encaminhadas ao Gabinete de Crise, que determina a melhor forma de atendimento.



VEJA MAIS