COBERTURA ESPECIAL - Pandemic War - Terrestre

24 de Junho, 2020 - 10:30 ( Brasília )

Em três meses, Força-Tarefa Pantanal contribuiu para repatriar 6.500 brasileiros oriundos da Bolívia


O Comando Conjunto Oeste, por intermédio da Força Terrestre Componente Pantanal (FTC Pantanal), durante os 90 dias de Operação COVID-19, apoiou os órgãos governamentais de saúde e de segurança pública e fiscalização, na repatriação de mais de 6.500 brasileiros oriundos da Bolívia, no contexto da crise do novo coronavírus.

A FTC Pantanal apoiou os órgãos de saúde e de segurança pública e fiscalização na montagem de toda a estrutura de recepção e no balizamento dos repatriados durante o processo de entrada no país, empregando, ao longo desses 90 dias, cerca de 150 militares e 30 viaturas do Comando da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, da 18ª Companhia de Comunicações e da Companhia Comando da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira.

A atividade de repatriação é um trabalho em ambiente interagências. Ao chegarem em Corumbá, no Posto de Imigração Esdras, os brasileiros tiveram que passar pelas barracas da Vigilância Sanitária, Polícia Federal e Receita Federal. A ANVISA orientou os repatriados quanto ao enfrentamento do coronavírus no Brasil, transmitindo diversos procedimentos e informações sobre a COVID-19.

A Vigilância Sanitária realizou procedimentos de esterilização individual de roupas, calçados e bagagens, assim como fez a verificação da temperatura corporal. A Policia Federal e a Receita Federal atuaram na conferência da documentação individual e no controle aduaneiro de mercadorias.


VEJA MAIS