COBERTURA ESPECIAL - Pandemic War - Aviação

22 de Junho, 2020 - 11:11 ( Brasília )

Militares da FAB participam de ações sociais contra o COVID-19


Distribuição de alimentos no Arquipélago do Marajó¹

Militares da Ala 9 - Base Aérea de Belém, participaram da distribuição de cestas básicas para as populações das cidades de Afuá e Chaves, localizadas no Arquipélago do Marajó, no Estado do Pará. O objetivo da ação foi distribuir, em caráter emergencial, alimentos para diversas localidades daquela região, impactadas pela pandemia da COVID-19. 
 
Após serem desinfectadas, as cestas embarcaram em um navio em uma ação conjunta, que contou com a atuação de militares da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira (FAB).

Viagem

Os militares da Força Aérea Brasileira (FAB) embarcaram no Navio Auxiliar Pará da Marinha do Brasil, no dia 12 de junho, para a viagem entre a Base Naval de Belém e o atracadouro de Afuá (distantes 256 quilômetros). O trajeto durou dois dias, navegando por vários furos e estreitos da bacia amazônica. 

De acordo com o Comandante da Ala 9, Brigadeiro do Ar Leonardo Chaves Rodrigues, o apoio da FAB, como parte das ações do Comando Conjunto Norte - que integra a Operação COVID-19, ativada pelo Ministério da Defesa - não param. “Além do auxílio na ação de entrega de cestas básicas, atuamos no transporte aéreo de profissionais de saúde, de equipamentos médicos, Equipamentos de Proteção Individual, bem como na doação de sangue, por parte de militares voluntários, para a Fundação Centro de Hematologia e Hemoterapia do Pará”, explicou. 

Marcele da Silva, mãe de sete filhos, foi uma das moradoras que recebeu a cesta básica. “Esse auxílio é fundamental para a gente conseguir passar por esse período complicado", contou a ribeirinha.

Guarnição de Aeronáutica de Barbacena entrega mais de mil protetores faciais a hospitais²


A Guarnição de Aeronáutica de Barbacena (GUARNAE-BQ) realizou, nesta sexta-feira (19), a entrega de mais de mil protetores faciais (face shield) para reforçar a segurança dos profissionais de saúde da Santa Casa de Misericórdia e do Hospital Policlínica e Maternidade (IMAIP). Por meio da Secretaria Municipal de Saúde, os materiais também serão distribuídos para outras unidades de saúde da região para utilização no combate à pandemia da COVID-19.

face shield foi desenvolvida por um grupo de trabalho do Grupamento de Apoio de Barbacena (GAP-BQ). Já foram distribuídas 800 unidades para as Organizações de Saúde da Aeronáutica (OSA), conforme definição da Diretoria de Saúde da Aeronáutica (DIRSA). Trata-se de óculos de segurança, adquiridos pelo Centro de Aquisições Específicas (CAE) que servem como suporte para uma folha de acetato, devidamente adaptada para compor os protetores.

"Estes Equipamentos de Proteção Individual (EPI), principalmente os protetores faciais, aumentam ainda mais a segurança de toda a equipe assistencial, médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem, pois, juntamente às máscaras, são os equipamentos mais seguros que trabalhamos para evitar a contaminação", afirmou o Diretor Cliníco-Geral do IMAIP, Celso Campos.

Para o Chefe da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Barbacena, Maurício Becho, a doação do material de proteção aconteceu em um momento oportuno. "No instante em que a Força Aérea nos auxilia com esta importante doação, ela potencializa a nossa ação, o nosso serviço mediante a esta pandemia. Agradecemos a ajuda e a parceria para com a saúde pública de toda a região", destacou.

Segundo o Comandante da GUARNAE-BQ, Brigadeiro do Ar Paulo Ricardo da Silva Mendes, a Força Aérea Brasileira intensifica cada vez mais o vínculo de cooperação entre a Instituição e a cidade, procurando ajudar na proteção dos diversos profissionais de saúde barbacenenses e da região que atuam no enfrentamento da pandemia. "Os laços de cooperação sempre aconteceram de maneira natural nestes 71 anos de existência da Escola Preparatória de Cadetes do Ar com a sociedade barbacenense. Portanto, como estamos todos juntos para superarmos esta crise, fazemos esta doação com a intenção de dar o suporte necessário aos estabelecimentos de saúde para o combate da Covid-19", finalizou.

Ação social da Prefeitura de Aeronáutica de São Paulo arrecada alimentos e roupas


A Prefeitura de Aeronáutica de São Paulo (PASP) realizou campanha de arrecadação de alimentos, produtos de higiene e roupas com a finalidade de ajudar instituições que atendem pessoas em condições de vulnerabilidade social. A ação aconteceu durante três semanas e contou com a colaboração do efetivo, além dos moradores das Vilas Militares e de Amigos da PASP.  Foram arrecadados mais de 600 quilos de alimentos e demais artigos.

Os gêneros alimentícios e o material de higiene arrecadados foram encaminhados para três Instituições que apoiam idosos e famílias nas Zonas Norte e Leste de São Paulo. Já as roupas doadas foram encaminhadas ao Hospital de Força Aérea de São Paulo (HFASP), que iniciou neste mês a Campanha do Agasalho com o apoio da PASP e Unidades sediadas.

O Prefeito de Aeronáutica de São Paulo, Coronel Intendente Ivan Luiz de Siqueira, incentivou a iniciativa. “As ações solidárias têm se intensificado pelas Organizações Militares e esta é apenas uma das formas de contribuirmos com a comunidade, principalmente nesse momento de pandemia”, disse.

-x-

¹por Tenente Antonio Gonçalves; ²Sargento Domingos, Tenente Jonathan Jayme E Capitão Oliveira Lima; ³Tenente Soldesi E Major Monteiro - Fotos: Tenente Antonio Gonçalves / CECOMSAER; Sargento Valentim / EPCAR e Soldado Laudino / PASP

 


VEJA MAIS