COBERTURA ESPECIAL - Pandemic War - Aviação

22 de Junho, 2020 - 10:10 ( Brasília )

C-130 Hércules transporta 8 toneladas de equipamentos entre São Paulo e Roraima

Aeronave do Esquadrão Gordo conduziu, neste sábado (20), materiais de saúde para serem utilizados no combate ao novo Coronavírus

Tenente Jonathan Jayme E Major Monteiro


Cerca de 8 toneladas de materiais que serão utilizados no combate à pandemia do novo Coronavírus foram transportadas pela Força Aérea Brasileira (FAB) neste sábado (20). Uma aeronave C-130 Hércules do Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1°/1° GT) – Esquadrão Gordo, conduziu a carga de Guarulhos (SP) até Boa Vista (RR), em apoio à Operação COVID-19.

O FAB 2476 transportou seringas, aventais, fraldas geriátricas, filtros bacteriológicos, sondas de aspiração para tubo traqueal, cateteres para infusão, colchões e coletores. Os materiais serão utilizados pelo Hospital de Campanha de Roraima.

A aeronave decolou da Base Aérea de São Paulo às 12h20 e pousou na Ala 7 – Base Aérea de Boa Vista às 19h00 (horário de Brasília).

O Comandante da aeronave, Capitão Aviador Caio Cesar Magalhães Santos, disse que se sente honrado por fazer parte dessa missão de grande importância para o Brasil, que pode ajudar tantas pessoas. “Uma honra saber que a FAB trabalha em prol do povo brasileiro”, declarou.

O Suboficial Mecânico de Aeronaves Hevandro Freire Teixeira Santos, que exerce a função de Loadmaster (Mestre de Cargas), também falou da importância da missão. “Fico feliz que o 1°/1° GT possa contribuir no combate à COVID-19, realizando o transporte desses equipamentos”, ressaltou.

Operação COVID-19

Proteger os cidadãos é uma das funções precípuas das Forças Armadas. Nesse intuito, o Ministério da Defesa, a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira enfrentam, juntos, a pandemia de COVID-19 no país. A Operação ocorre em um espaço territorial de grandes proporções, nas 27 Unidades Federativas, com características e necessidades diferentes e com uma população de cerca de 210 milhões de pessoas.

As ações envolvem descontaminação de espaços públicos, doações de sangue, transporte de medicamentos e equipamentos de saúde, distribuição de kits de alimentos para pessoas de baixa renda, doação de refeições para caminhoneiros, dentre outras. 

Na execução dessas atividades, os militares atuam organizados em dez Comandos Conjuntos que cobrem todo o território nacional, bem como no Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE). Esses Comandos reúnem militares das três Forças (Marinha, Exército e Aeronáutica), que desenvolvem esforços no cumprimento das missões.


VEJA MAIS