COBERTURA ESPECIAL - Pandemic War - Terrestre

19 de Junho, 2020 - 11:50 ( Brasília )

Em Goiânia, Batalhão de Apoio às Operações Especiais conduz capacitação em Atendimento Pré-Hospitalar Tático


O Batalhão de Apoio às Operações Especiais realizou, no período de 1º a 13 de junho, a capacitação em Atendimento Pré-Hospitalar Tático (APH Tático), proporcionando a reciclagem e a atualização das normas e dos procedimentos empregados na área de Saúde Operacional, do Comando de Operações Especiais.

Participaram da atividade militares do Serviço de Saúde do Exército Brasileiro que servem no Comando de Operações Especiais, especialistas operacionais em saúde do 1° Batalhão de Ações de Comandos e do 1° Batalhão de Forças Especiais, além de militares do 1° Batalhão de Operações Psicológicas, do Batalhão de Apoio às Operações Especiais e da Companhia de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear.

Profissionais do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) Metropolitano de Goiânia (GO), SAMU Centro Sul e agentes da Polícia Rodoviária Federal também estiveram presentes nas instruções.

Os participantes tiveram a oportunidade de observar os aspectos doutrinários e os diversos protocolos a serem adotados em APH Tático, além de trocar informações a respeito da forma de emprego e de regulamentos de cada instituição.

Na 1ª semana, foram ministradas as seguintes instruções teóricas e práticas:

- abordagem inicial em vítima de emergência clínica e de trauma;

- abordagem em emergência de vias aéreas e respiração;

- abordagem em emergência de hemorragia;

- trauma torácico e abdominal;

- salvamento aquático;

- abordagem em atendimento de acidentes com produtos químicos, biológicos, radiológicos e nucleares;

- abordagem em trauma de extremidades; e

- técnicas básicas de salvamento em altura.

Na 2ª semana da capacitação, foram ministradas instruções teóricas e práticas em cenário de APH Tático e na abordagem de vítima nas 3 fases do Tactical Combat Casualty Care (TCCC), além do Protocolo de Atendimento a Feridos em Combate, que reúne um conjunto de princípios baseados em evidências direcionadas ao atendimento das vítimas de conflitos militares. Foram realizadas, também, avaliações dos instruendos, onde houve a simulação de um atendimento em ambiente confinado.

A capacitação APH Tático foi encerrada com um exercício no terreno, no Centro de Treinamento Engenho Velho, em Caldazinha (GO), onde ocorreu a verificação da aprendizagem dos assuntos abordados, por meio de simulados de atendimentos em cenários operacionais diurnos e noturnos.


VEJA MAIS